PLACAR

Sorteio da Davis pode levar o Brasil para jogar na China

Foto: Reprodução/Twitter (CBT)

Londres (Inglaterra) – Nesta quinta-feira a Federação Internacional de Tênis (ITF) anunciou as cidades que irão receber a fase de grupos da Copa Davis de 2024. Bolonha (Itália), Manchester (Grã-Bretanha), Valência (Espanha) e Zhuhai (China) receberão, entre 10 e 15 de setembro, as 16 equipes que disputam as oito vagas nas Finais da competição.

O sorteio da fase de grupos, que definirá onde o Brasil jogará e contra quem acontecerá na terça-feira, 19 de março, às 11h (horário de Brasília), nos escritórios da ITF em Londres, e será transmitido ao vivo pelo site da Copa Davis e canais de mídia social.

Classificada pela primeira vez para essa fase da Davis desde a mudança de formato, o Brasil é uma das 16 nações que serão distribuídas nos quatro grupos. Também estão no sorteio: Itália (atual campeã), Austrália (vice de 2023), Grã-Bretanha, Espanha, Argentina, Bélgica, Canadá, Chile, República Tcheca, Finlândia, França, Alemanha, Holanda, Eslováquia e EUA.

Bolonha (Unipol Arena) e Valência (Pabellon Fuente de San Luis) serão os anfitriões pelo terceiro ano consecutivo, enquanto Manchester (AO Arena) será o anfitrião pelo segundo ano consecutivo. O evento no Centro Internacional de Tênis de Hengqin, em Zhuhai, será a primeira vez que a China sediará esta fase da competição.

”As equipes na Fase de Grupos darão tudo o que têm pela chance de se classificar para a Fase Final. Os três anfitriões que retornaram têm histórico de realização de grandes eventos, e estamos entusiasmados em trazer as finais da Copa Davis para a China pela primeira vez”, comentou David Haggerty, presidente da ITF.

6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Mala
Paulo Mala
1 mês atrás

Tarefa bem difícil. Os países participantes são mais fortes, creio que os mais fracos sejam Brasil e Eslováquia.
Vai depender do Wild estar em boa fase na época do confronto, se quisermos sonhar com a permanência.

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
1 mês atrás
Responder para  Paulo Mala

Bélgica e Finlândia também estão nesse balaio também

Paulo Mala
Paulo Mala
1 mês atrás
Responder para  Guilherme ES Ribeiro

Finlândia acho relativamente boa. Tem o Emil Ruusuvuori que é um ótimo ótimo e o duplista Heliovaara.
A Bélgica eu concordo. Mas se tiverem o Goffin em boa forma no confronto, pode ser um bom pareo

Blumenau
1 mês atrás

Zero chance de se classificar.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Pelo menos tiraram ao menos uma das sedes da Europa né.. ainda sim é pouco, o ideal seria uma sede em cada continente e a finalissima em um país diferente a cada ano..

Diego
Diego
1 mês atrás
Responder para  Refaelov

Acho que deveria voltar ao sistema anterior,sem fase de grupos,só mata mata,assim não ficou com cara de Davis

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE