PLACAR

Sinner revela método diferente para o lado mental

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Turim (Itália) – Único jogador a terminar a fase de grupos sem perder jogos, o italiano Jannik Sinner mostrou força na primeira parte do ATP Finals, principalmente pelo lado mental, conseguindo superar momentos complicados. Após a vitória sobre o dinamarquês Holger Rune, o atual número 4 do mundo contou como tem trabalhado a cabeça para ficar mais forte.

“Estou trabalhando um pouco neste lado com um método chamado Formula Medicine. Riccardo Ceccarelli é quem está por trás disso, ele esteve aqui no meu box esta noite e também na partida contra Novak”, falou o italiano.

“É um método um pouco diferente porque você não tem uma conversa cara a cara, mas faz exercícios no computador e eles calculam quanto do seu cérebro você usou e tudo mais. Aí eles te ajudam a fazer com que o raciocínio seja o mais automático possível, usando menos tempo e menos cérebro. Já estamos trabalhando com ele há alguns anos e sinto que melhorei”, explicou Sinner.

Sobre a partida contra Rune, ele enalteceu o crescimento de nível do rival no decorrer do confronto. “Comecei muito bem, mas a partir do segundo set ele sacou melhor. Obviamente foi muito mais difícil quebrá-lo. Acho que foi uma boa vitória, uma vitória positiva. Vamos ver o que vem no sábado”, afirmou o italiano, que agora terá pela frente o russo Daniil Medvedev.

A torcida foi outro ponto abordado por Sinner, que agradeceu a força vinda das arquibancadas. “É um enorme privilégio estar aqui na Itália. Obviamente há um pouco mais de pressão, mas uma espécie de pressão positiva. Eu gosto de estar nesta situação”, comentou o tenista da casa em Turim.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE