PLACAR

Sinner mantém escrita contra compatriotas e avança

Foto: Brad Penner/USTA

Nova York (EUA) – Abrindo a rodada desta quinta-feira, o italiano Jannik Sinner manteve sua invencibilidade contra compatriotas e venceu Lorenzo Sonego pela segunda fase do torneio sem sustos, marcando parciais de 6/4, 6/2 e 6/4, depois de 2h05 de confronto. Ele espera agora pelo vencedor do duelo entre o suíço Stan Wawrinka e o argentino Tomas Etcheverry.

Sinner controlou bem a partida, terminando com mais bolas vencedoras (27 a 19) e menos erros não forçados (15 a 22). Seu saque foi arma importante para o resultado final, venceu 85% dos pontos disputados e não enfrentou um break-point sequer contra. Do outro lado, Sonego teve 61% de aproveitamento com o serviço e levou quatro quebras em oito chances cedidas.

“Somos grandes amigos, jogamos juntos na Copa Davis e nos entendemos bem. Ele tem um grande time por trás e é difícil enfrentá-lo. Estou feliz com meu desempenho e em poder avançar para a próxima rodada”, comentou Sinner após a vitória.

Além do saque, outro destaque no desempenho de Sinner nesta quinta-feira foram suas subidas à rede, vencendo 22 das 25 vezes que tentou matar mais rápido os pontos (88% de aproveitamento). “Trabalho duro com meu time para melhorar meu jogo e sinto que agora estou mais confortável quando vou para a rede. Espero continuar evoluindo assim para o futuro”, comentou Sinner.

Campeão do Masters 1000 de Toronto, na preparação para o US Open, ele espera que a conquista o ajude na competição. “Com certeza a confiança aumenta. Já estive perto de conquistar um Masters 1000 antes e enfim consegui. Em Cincinnati não fui bem, mas isso me deu tempo para recuperar e chegar aqui bem fisicamente”, finalizou o italiano.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE