PLACAR

Sinner: “É uma grande emoção perceber aos poucos o que fiz”

Foto: Paul Zimmer/ITF

Melbourne (Austrália) – Jannik Sinner, campeão do Australian Open neste domingo, quebrando um longo jejum italiano em torneios do Grand Slam, surgiu elegantemente trajado para a sessão de fotos e entrevista com os órgãos de imprensa, nesta segunda-feira. O jovem de 22 anos faturou US$ 3,15 milhões com o título inédito em Melbourne.

Sinner posou com a Norman Brookes Challenge Cup para fotos no Royal Botanic Gardens, a pouca distância da Rod Laver Arena. O campeão apareceu vestido de forma casual, com destaque para o cardigã de lã da grife italiana Gucci, que custa quase US$ 4 mil nas lojas.

O tenista, aliás, foi cumprimentado pela primeira-ministra italiana Giorgia Meloni, que disse que Sinner  “escreveu uma nova página da história” quando venceu o russo Daniil Medvedev, de virada, em cinco sets.

“Sentado aqui com este troféu agora, observando-o, é um dos maiores troféus que temos em nosso esporte. Estou muito feliz por poder compartilhar isso com minha equipe hoje”, disse Sinner, o primeiro italiano homem a vencer um Grand Slam desde Adriano Panatta no saibro de Roland Garros em 1976.

“Sou grato por isso, mas sei que tenho que trabalhar ainda mais porque os adversários vão dar um jeito de me vencer e tenho que estar preparado. Sempre há pressão, mas a pressão é algo bom. É um privilégio, não? Porque não tem tantos jogadores que têm esse tipo de pressão”, filosofou o italiano, acrescentando que é sob pressão que costuma aparecer seu melhor tênis.

Sinner e equipe não comemoraram muito à noite. Apenas jantaram juntos e se preparou para o primeiro compromisso como o mais novo campeão do esporte, um feito que agora ele começa a perceber.  “São grandes emoções. Eu estava simplesmente feliz; ontem talvez eu ainda não conseguisse acreditar, e agora começo a perceber isso, então é uma sensação ótima. É bom estar aqui, o tempo está bom. Não dormi muito, mas é uma grande emoção perceber aos poucos o que fiz. É uma grande conquista para mim e minha equipe, estou muito feliz por estar aqui.”

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE