PLACAR

Semis masculinas do US Open repetem feito de 2011

Fotos: USTA

Nova York (EUA) – Nesta sexta-feira serão conhecidos os finalistas da chave masculina do US Open. Os três principais cabeças de chave entrando em quadra nas semifinais é algo que o torneio não via desde 2011, última vez que isso aconteceu em Flushing Meadows.

Em comum com 12 anos atrás apenas o sérvio Novak Djokovic, que aparece em ambas as listas. Em 2011, ele dividiu os holofotes com o espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer, e em 23 com o espanhol Carlos Alcaraz e com o russo Daniil Medvedev.

A principal diferença está no quarto integrante dos semifinalistas. Em 2011, completou a disputa o britânico Andy Murray, então número 4 do mundo. Já na atual temporada, quem está entre os quatro melhores em Nova York é o tenista da casa Ben Shelton, atual 47 do mundo.

Djokovic tenta repetir o feito de 12 anos atrás quando venceu o US Open pela primeira vez. Desde então, ele conquistou mais dois títulos no Grand Slam norte-americano, um em 2015 e o mais recente deles em 2018, derrotando o argentino Juan Martin del Potro na final.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE