PLACAR

Sabalenka sobe o nível e reencontra Rybakina na semi

Foto: Angel Martinez/MMO

Madri (Espanha) – Depois de ter vencido três jogos longos no WTA 1000 de Madri, Aryna Sabalenka enfim conseguiu definir uma partida de forma mais tranquila. Bicampeã do torneio, a número 2 do mundo superou a jovem russa de 17 anos Mirra Andreeva por 6/1 e 6/4 em 1h18 de partida nesta quarta-feira.

Sabalenka havia precisado de três sets contra a polonesa Magda Linette e as norte-americanas Robin Montgomery e Danielle Collins. Ela agora enfrenta na semifinal a cazaque Elena Rybakina, quarta colocada no ranking, contra quem tem cinco vitórias e três derrotas no circuito.

O duelo entre Sabalenka e Rybakina acontece a partir das 16h30 (de Brasília) desta quinta-feira. A outra semifinal está marcada para às 11h entre Iga Swiatek, líder do ranking mundial, e Madison Keys, 20ª colocada. A polonesa lidera o histórico contra a norte-americana por 2 a 1.

Vencedora de 14 títulos na carreira, Sabalenka tenta alcançar sua 27ª final na WTA. Na atual temporada, conquistou o bicampeonato do Australian Open e ficou com o vice em Brisbane, superada pela própria Rybakina. Em torneios de nível 1000, a bielorrussa acumula cinco títulos.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já Andreeva, que completou 17 anos na última segunda-feira, fez a melhor campanha da carreira em um WTA 1000. A jovem russa supera a campanha da temporada passada, quando chegou às oitavas e também perdeu de Sabalenka. Provisoriamente, ela retorna ao top 40 e tem como melhor ranking da carreira o 33º lugar.

O primeiro set da partida das quartas foi amplamente dominado por Sabalenka, que conseguiu duas quebras e não enfrentou break-points. Com seu jogo agressivo e de muita potência nos golpes, fez 17 a 5 nos winners. A número 2 do mundo continuou impecável em seus games de saque no segundo set e conseguiu a única quebra para fazer 4/2.

A bielorrussa chegou a ter dois match-points quando vencia por 5/3, mas cometeu um erro não-forçado e Andreeva salvou o outro com winner de backhand na paralela. Mas a disputa seria decidida no game seguinte. Sabalenka fez 35 a 14 nos winners e cometeu 13 erros contra 11, terminando a partida sem enfrentar um único break-point.

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Lucas Miranda Faria
20 dias atrás

Será campeã!!!!!

Gisele Matias
Gisele Matias
20 dias atrás
Responder para  Lucas Miranda Faria

Tri

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
20 dias atrás

A Iga , Sabalenka e Rybakina estão num patamar acima das demais do circuito mesmo e merecem estar no top 5 do ranking. Mesmo a Coco Gauff, nos últimos torneios vem tendo resultados abaixo do que os obtidos por essas três jogadoras citadas acima. Apesar disso, coloco a Gauff num nível acima das demais top 10. Acho isso bom, ter pelo menos três jogadoras de alto nível disputando os títulos dos torneios mais importantes do circuito. Se a Gauff subir um pouco o seu nível, teremos quatro jogadoras. Achei que a Naomi Osaka ia se juntar a esse grupo em pouco tempo mas, pelo jeito, não sei se vai conseguir esse feito.

Rodrigo
Rodrigo
20 dias atrás

Concordo inteiramente com a avaliação acima

Viviane
Viviane
20 dias atrás

Eu realmente esperava mais desse jogo; Sabalenka nao deu chances para Andreeva que, obviamente, tem muito a evoluir.
Quanto a Sabalenka, espero ver essa variação no jogo tbm contra a Rybakina, usando as curtinhas que usou hoje.

João Sawao ando
João Sawao ando
20 dias atrás

Rybakina vence

Camila
Camila
20 dias atrás

Que lindo ver uma jovem de 17 anos
já fazendo quartas !!!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE