PLACAR

Sabalenka e Pegula sofrem, Kasatkina e Jabeur caem

Pequim (China) – As cabeças de chave do WTA 1000 de Pequim não tiveram vida fácil nesta terça-feira, quem não sofreu para superar a segunda rodada teve destino ainda pior e acabou eliminada da competição. Nem mesmo a número 1 do mundo Aryna Sabalenka escapou, mesmo vencendo a quali britânica Katie Boulter em sets diretos, só o fez com o apertado placar de 7/5 e 7/6 (7-2).

Depois de gastar 2h33 para superar seu segundo obstáculo na competição e garantir vaga nas oitavas de final, a bielorrussa terá pela frente a italiana Jasmine Paolini, que na estreia derrotou a brasileira Beatriz Haddad Maia. Será a quarta vez que elas irão se enfrentar e Sabalenka leva a pior no retrospecto contra a atual 36 do mundo, com duas derrotas e apenas uma vitória.

Outra favorita que teve trabalho para avançar foi a norte-americana Jessica Pegula, que saiu perdendo da russa Anna Blinkova e depois buscou a virada ao marcar parciais de 6/7 (2-7), 6/2 e 6/1. Nas oitavas, a quarta pré-classificada vai medir forças com a letã Jelena Ostapenko, contra quem já jogou outras quatro vezes, venceu três e perdeu apenas uma.

A francesa Caroline Garcia também precisou de três sets para superar a segunda rodada, batendo q cazaque vinda do quali Yulia Putintseva com o placar final de 6/3, 3/6 e 6/3. A próxima adversária da cabeça de chave número 9 será a ucraniana Angelina Kalinina. Elas se enfrentaram recentemente em Tóquio, também nas oitavas de final, e a francesa triunfou em sets diretos.

Mesma sorte não tiveram Ons Jabeur e Daria Kasatkina, que acabaram eliminadas da competição. Sétima favorita, a tunisiana foi superada pela ucraniana Marta Kostyuk em sets diretos, com parciais de 7/6 (7-5) e 6/1. Também em dois sets veio a queda da russa, cabeça de chave 11, que perdeu para a tenista da casa Xinyu Wang com o placar final de 6/4 e 6/2.

Na próxima rodada, a algoz de Jabeur terá pela frente a russa Ludmila Samsonova, enquanto a responsável pela eliminação de Kasatkina medirá forças com a vencedora do duelo entre a grega Maria Sakkari e a jovem tcheca Linda Fruhvirtova, que se enfrentam mais tarde nesta terça-feira.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE