PLACAR

Sabalenka derrota amiga Badosa e chega às oitavas sem perder set

Foto: Philippe Montigny / FFT

Paris (França) – No duelo de amigas, a bielorrussa Aryna Sabalenka fez valer o momento muito superior ao da espanhola Paula Badosa e conquistou uma vitória em sets diretos. A número 2 do mundo até sofreu no primeiro set, mas se recuperou e depois deslanchou, gastando 79 minutos para triunfar com o placar de 7/5 e 6/1.

Classificada para as oitavas de final em Roland Garros, a bielorrussa ainda não sabe quem será sua próxima adversária, mas sabe que será uma norte-americana. Ela espera agora pela vencedora do duelo de compatriotas entre a cabeça de chave 22 Emma Navarro e a 14ª pré-classificada Madison Keys.

Sabalenka tenta manter a escrita nos seus últimos seis Grand Slam, alcançando pelo menos as semifinais em todos eles. Ela também busca se tornar a primeira tenista a vencer em sequência o Australian Open e Roland Garros, algo que não acontece desde 2015, quando a norte-americana Serena Williams alcançou tal feito.

A conhecida agressividade da número 2 do mundo esteve presente em mais uma vitória, anotando 28 bolas vencedoras, quase o dobro das 15 de Badosa, que teve somente dois erros não forçados a menos (17 a 19). Sabalenka não teve desempenho tão destacável com o saque, venceu 59% dos pontos, mas foi bem melhor do que a espanhola, que teve 45% de aproveitamento.

Susto no 1º set e oito games seguidos

Após vencer seus dois primeiros jogos em sets diretos, a bielorrussa por pouco não deixou pelo caminho a primeira parcial nesta edição de Roland Garros. Embora tenha começado a partida com uma quebra logo no primeiro game, ela viu Badosa reagir e chegar a abrir 4/2 no set inicial. Sabalenka até devolveu o break que tinha de desvantagem, mas foi quebrada de novo e viu a espanhola sacar em 5/3.

Foi então que Sabalenka cresceu em quadra e foi tomando conta do jogo pouco a pouco. Ela começou com uma grande arrancada para faturar o primeiro set. Primeiro buscou a igualdade por 5/5, para depois completar a arrancada com mais uma quebra, vencendo quatro games seguidos antes de marcar 1 a 0 no placar.

O embalo da bielorrussa seguiu na segunda parcial, em que dominou Badosa e cedeu apenas um game à amiga espanhola. Sabalenka chegou a vencer oito games consecutivos ao abrir 4/0, com duas quebras seguidas no começo do segundo set, e ainda anotou mais um break para selar a vitória. Ela faturou 10 dos últimos 11 games em disputa.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
17 dias atrás

Não dá pra esperar menos da Aryna! A mulher é um canhão soviético! A gente sempre espera um pouco mais da Babosa! Aquele nível de quem já foi top 5 tá difícil de realcançar!

Paulo Mala
Paulo Mala
16 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Ao contrário de vc, estou mais confiante com a Badosa. Até pouco tempo atrás, ela vivia perdendo em primeira rodada e problemas físicos.
Em Roma e RG chegou na terceira rodada. Teve o infortúnio de pegar duas das melhores tops atuais como Gauff e Sabalenka.

Bia
Bia
17 dias atrás

Que jogo chato, peloamor. Bolinha para cá, bolinha para lá, sem jogadas, sem correria, sem bolas anguladas, sem deixadinhas, etc
Valeu pela beleza das tenistas

Rob
Rob
17 dias atrás
Responder para  Bia

Vc dormiu? Sabalenka deu várias deixadas perfeitas…

Viviane
Viviane
17 dias atrás

Pensei que a Badosa fosse dar mais trabalho, mas não foi bem assim. Gosto da Sabalenka, da sua agressividade, mas fico pensando se a curto prazo essas pancadas que ela dá não irão afetar seu físico, digo no sentido de futuras lesões no braço.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE