PLACAR

Ribeiro supera dia fraco e vai às quartas no Paineiras

Rafael Tosetto (Foto: João Pires/Fotojump)

São Paulo (SP) – As quartas de final do Ano II – Brasil Tennis Cup foram definidas nesta quinta-feira no Clube Paineiras do Morumby. Metade da lista é proveniente do país anfitrião, mas o quarto dia de competições reservou espaço a mais surpresas entre os favoritos do torneio. A competição da série M15 distribui US$ 15 mil (R$ 73,2 mil na cotação atual) em prêmios e pontos para o ranking da ATP. O Hospital Sírio-Libanês é o patrocinador oficial.

Cabeça de chave número 1 no Paineiras, Eduardo Ribeiro esteve longe de seu melhor tênis nesta quinta-feira e levou 1h46 para derrotar o conterrâneo João Vitor Ceolin, que havia furado o qualifying, com parciais de 7/5 e 6/3.

O atual 332⁰ do ranking poderia ter fechado a primeira parcial com mais facilidade, já que liderava por 4/2 e permitiu a reação do adversário.

“Hoje meu rendimento não foi dos melhores, mas eu consegui encontrar uma maneira de sair das cordas nos momentos importantes. Faz parte do tênis. Há dias em que você precisa fazer acontecer mesmo em um dia não tão bom. Então, estou muito feliz por avançar”, analisou o gaúcho de 25 anos, que terá mais um brasileiro pelo caminho.

Nesta sexta-feira (25), Ribeiro fará duelo contra o paranaense João Eduardo Schiessl, 993⁰ do mundo, que não teve problemas para bater o compatriota Luís Britto por duplo 6/3 em 1h29. Assim como na semana passada em Belém, o tenista de 19 anos soma sua segunda campanha seguida de quartas de final.

Se Ribeiro avançou, o mesmo não se pode dizer do brasiliense Gilbert Klier, 2⁰ favorito no Paineiras. Vindo de vice-campeonato na capital paraense, o atual 783⁰ do ranking foi surpreendido pelo chileno Daniel Antonio Nuñez, 997⁰, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/2.

Os outros representantes do Brasil nas quartas em São Paulo – o paranaense Gustavo Ribeiro de Almeida e o paulista Rafael Tosetto passaram por verdadeiras batalhas ao longo do dia. No jogo mais longo do evento até aqui, Almeida levou 3h27 para derrotar o chileno Nicolas Villalon Valdes por 2 sets a 1, com parciais de 6/7(6), 6/4 e 6/3. Vale reforçar que o tenista de 17 anos perdia a segunda parcial por 4/2.

“Minha maior virtude foi não desistir ali no 2º set. Eu sabia que teria que me manter focado no jogo que as coisas poderiam vir a meu favor”, completou Almeida, que enfrentará o embalado Rodrigo Pacheco Mendez, cabeça de chave 4 e campeão em Belém na semana passada.

Nesta quinta, o atual número 2 do mundo no juvenil atropelou o argentino Mateo Del Pino por 6/0 e 6/4, em apenas 1h10.

Por sua vez, Tosetto, 1081⁰ do ranking, desbancou o catarinense Mateo Barreiros Reyes, cabeça 8, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 2/6 e 7/6 (7/3) em 3h23. No terceiro set, o tenista de 24 anos chegou a ver o rival sacar para a partida no 10º game e ter match point antes de conseguir a virada.

“Foi um jogo muito tenso do começo ao fim, com muitos altos e baixos. Somos amigos e a vitória ali no fim poderia ter ido para qualquer um. Fico feliz de não ter baixado a intensidade nos momentos mais importantes e saio de quadra muito satisfeito”, declarou o paulista.

Por vaga nas semifinais em São Paulo, Tosetto vai encarar, nesta sexta-feira, o chileno Ignacio Antonio Becerra Otarola, 1124º do mundo, que bateu o argentino Gino Romano por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 6/2.

PROGRAMAÇÃO DESTA SEXTA-FEIRA

A rodada nesta sexta no Paineiras tem início a partir das 11h (horário de Brasília) com entrada gratuita ao público. A TV Kobertura transmite as partidas da quadra central ao vivo em seu site oficial.

RESULTADOS – QUINTA-FEIRA (24/08) – Ano II – Brasil Tennis Cup 2023

Oitavas de final – Simples
Eduardo Ribeiro (BRA) [1] d. João Vitor Ceolin (BRA), 7/5 e 6/3
Daniel Antonio Nuñez (CHI) d. Gilbert Klier (BRA) [2], 7/6(5) e 6/2
Rodrigo Pacheco Mendez (MEX) [4] d. Mateo Del Pino (ARG), 6/0 e 6/4
João Eduardo Schiessl (BRA) d. Luís Britto (BRA), 6/3 e 6/3
Gustavo Ribeiro de Almeida (BRA) d. Nicolas Villalon Valdes (CHI), 6/7(6), 6/4 e 6/3
Rafael Tosetto (BRA) d. Mateo Barreiros Reyes (BRA) [8], 6/4, 2/6 e 7/6(3)
Ignacio Antonio Becerra Otarola (CHI) d. Gino Romano (ARG), 3/6, 6/3 e 6/2
Francisco Pini (ARG) d. Juan Manuel La Serna (ARG), 6/2 e 6/4

Quartas de final – Duplas
João Victor Loureiro (BRA)/Eduardo Ribeiro (BRA) [2] d. Gustavo Ribeiro de Almeida (BRA)/Pedro Rodrigues (BRA), 3/6, 6/4 e 10-6
Mateo Barreiros Reyes (BRA)/Rafael Tosetto (BRA) d. Gabriel Sidney (BRA)/Fernando Yamacita (BRA) [1], 6/4 e 7/6(4)
Luís Britto (BRA)/Paulo André Saraiva (BRA) [3] d. Elbert Barr (GBR)/Santiago De La Fuente (ARG), 6/2 e 6/2
Ignacio Antonio Becerra Otarola (CHI)/Daniel Antonio Nuñez (CHI) [4] d. Christian Oliveira (BRA)/Gilbert Klier (BRA), 7/6(3) e 7/6(4)

>> 

O  Ano II – Brasil Tennis Cup é incentivado por meio Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, apresentado pelo Hospital Sírio-Libanês, e conta com o copatrocínio de EMS Farmacêutica, Mambo Supermercados, Grupo GPS, Chevrolet Consórcio, AT&T, Alupar, Taesa, Azul Linhas Aéreas – Transportadora Oficial, Gerdau, All – Accor Live Limitless, Stella Artois Pure Gold, Aberje, Optimum Nutrition, Atlas Schindler, INNI Tournament – Bola Oficial e EY.

A sede da competição é o Clube Paineiras do Morumby e recebe chancela da Federação Paulista de Tênis. O evento integra o calendário mundial ITF World Tennis Tour. A realização é do Instituto Sports.

>> 

Serviços:
Ano II – Brasil Tennis Cup – Etapa de São Paulo

Premiação: US$ 15 mil (R$ 73,2 mil)
Categoria: M15 – ITF World Tennis Tour – Masculino
Data: 21 a 27 de agosto

Sede: Clube Paineiras do Morumby
Endereço: Av. Dr. Alberto Penteado, 605 – Morumbi – São Paulo (SP)

Entrada Gratuita

 

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE