PLACAR

Raonic dispara 37 aces e elimina o top 10 Tiafoe

Raonic disputa apenas seu terceiro torneio na temporada e conseguiu uma grande vitória na estreia (Foto: Mike Lawrence/ATP)

Toronto (Canadá) – Convidado para a disputa do Masters 1000 de Toronto, Milos Raonic conseguiu uma vitória bastante expressiva em sua partida de estreia. O canadense de 32 anos eliminou o norte-americano Frances Tiafoe, número 10 do mundo, com parciais de 6/7 (12-14), 7/6 (7-4) e 6/3 em partida com 2h44 de duração.

Historicamente reconhecido por seu ótimo desempenho no saque, Raonic disparou 37 aces na partida e venceu 87% dos pontos jogados com seu primeiro serviço. O canadense sofreu apenas uma quebra de serviço em toda a partida, apesar de ter enfrentado sete break-points, e aproveitou suas duas chances de quebra, uma ainda no primeiro set e outra no início do terceiro.

Raonic liderou a estatística de winners por 57 a 25 e cometeu 42 erros não-forçados contra 24 de Tiafoe. O resultado serviu como uma revanche para o canadense, que havia sido superado pelo rival no mesmo torneio em 2018.

Set-point com lance raro
A partida também ficou marcada por um set-point inusitado no fim da primeira parcial. Tiafoe chegou a tocar na rede durante a disputa do ponto e antes de a bola quicar duas vezes na quadra de Raonic. Mas como o norte-americano tocou numa parte da rede além do poste de simples, o árbitro Fergus Murphy validou o ponto.

Ex-número 3 do mundo, Raonic ficou quase dois anos sem jogar, entre julho de 2021 e maio deste ano. Nos últimos anos, o canadense teve lesões no tendão de Aquiles, nas costas, cotovelo, glúteo, coxa, tornozelo direito, panturrilha direita e joelho direito. Em maio do ano passado, sofreu um acidente doméstico quando um peso que caiu em seu pé, quebrando um dedo.

“Foram dois anos fora do circuito, cinco anos sem jogar em Toronto, quatro anos inteiros desde a última vez que joguei na frente de meus pais, que estiveram na maioria das minhas partidas como juvenil profissional. Todos essas coisas se juntaram para uma grande noite para mim e sou incrivelmente grato por isso”, disse Raonic na entrevista em quadra.

Atualmente apenas no 545º lugar do ranking, o canadense só havia disputado dois torneios este ano, em seu retorno ao circuito. Ele jogou nas quadras de grama de ‘s-Hertogenbosch e de Wimbledon, chegando à segunda rodada em ambos os torneios. Seu próximo rival é o Taro Daniel, que derrotou o francês Adrian Mannarino por 7/6 (7-5) e 6/4. Raonic venceu os dois duelos anteriores entre eles.

Schwartzman e Garin se despedem de Toronto
Depois de ter passado pelo quali, o argentino Diego Schwartzman não passou da estreia na chave principal em Toronto. O ex-top 10 e atual 98º do ranking perdeu para o norte-americano Tommy Paul, 14º do mundo, por 6/3, 3/6 e 6/4. Paul enfrenta agora outro argentino, Francisco Cerúndolo.

Também vindo do quali, o chileno Cristian Garin perdeu para o sérvio Miomir Kecmanovic por 7/6 (7-2), 4/6 e 6/4. Kecmanovic é o próximo rival do polonês Hubert Hurkacz.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE