PLACAR

Raducanu vence Sakkari pela 2ª vez e repete melhor campanha

Foto: LTA

Londres (Inglaterra) – Três anos depois de surgir para o grande público com uma campanha notável até as oitavas de final de Wimbledon, logo em seu primeiro Grand Slam da carreira, a britânica Emma Raducanu está de volta à quarta rodada no All England Club. Nesta sexta-feira, a estrela da casa prevaleceu e derrotou a grega Maria Sakkari pelo placar de 6/2 e 6/3 em 1h32 de partida.

Esta foi a segunda vitória de Raducanu em dois encontros com Sakkari, repetindo o triunfo em sets diretos na semifinal do US Open de 2021, quando ela então com 18 anos faturou um título inédito e improvável depois de sair do qualificatório. Desde então, a jovem britânica não havia conseguido mais emplacar duas vitórias num mesmo Slam, colecionando seis eliminações precoces seguidas, uma em estreia e cinco em segundas rodadas.

Tentando alcançar as quartas de final pela primeira vez em Londres, Raducanu agora enfrenta a qualifier neozelandesa Lulu Sun, que mais cedo bateu a chinesa Lin Zhu em dois tiebreaks. As duas nunca duelaram antes no circuito.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Na contramão, Sakkari segue sem se destacar em Grand Slam. Depois de fazer duas semis em 2021, em Roland Garros e no US Open, e oitavas no Australian Open de 2022, ela nunca mais passou da primeira semana e soma agora dez quedas consecutivas entre a primeira e terceira rodadas nos quatro maiores torneios do calendário.

A grega de 28 anos vinha em má fase desde o ano passado e ensaiou uma recuperação a partir de março, chegando à decisão Indian Wells, fazendo quartas em Miami e semifinal em Charleston, além de oitavas em Madri e Roma, mas desde Roland Garros ela empilhou três derrotas seguidas, voltou a ganhar duas partidas em Wimbledon e agora caiu na terceira fase. Apesar disso, ela consegue melhorar sua campanha em relação à última temporada e está ganhando uma posição provisória no ranking, voltando ao oitavo lugar.

Britânica aproveita melhor as chances

O primeiro set do jogo ficou marcado pela quantidade de break-points, com dez ao todo, cinco para cada lado. Quem se deu melhor nessa foi Raducanu, que salvou todos em seu serviço e ainda aproveitou duas oportunidades para quebrar Sakkari, a primeira ainda na abertura da partida e a segunda já no sétimo game com um lindo lob de backhand.

Melhor na partida e com o público todo a seu favor, Emma continuou se impondo na segunda parcial, chegando à primeira quebra no terceiro game. Ela chegou a salvar três break-points a seguir, mas no restante do set foi muito firme com o serviço e quase não correu riscos. A anfitriã chegou aos dois primeiros match-points no saque da adversária no nono game, mas Sakkari se virou bem e sobreviveu. No terceiro, não teve jeito. A grega mandou bola para fora e deu a Raducanu sua terceira vitória em sets diretos na competição.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
9 dias atrás

Vamos emma

Danilo
Danilo
9 dias atrás

Seria uma belíssima número 1 do mundo! Vamos que vamos! Além de linda é carismática!

Aryno Swionteko
Aryno Swionteko
9 dias atrás

Emma, emma, emma, cada um com seus problemas….. kkkkkkkkkk (mas tá voltando a gatinha hein?, se segurem….

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE