PLACAR

Puetz sobre mudanças na dupla: “ATP não sabe como vai funcionar”

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Munique (Alemanha) – Uma das principais parcerias do circuito, ocupando a quinta colocação na corrida para o ATP Finals deste ano, os alemães Kevin Krawietz e Tim Puetz não estão muito confortáveis com as novas regras para duplas, que serão implementadas no Masters 1000 de Madri.

“Vai ser emocionante”, disse Krawietz com certa hesitação em entrevista ao Eurosport. “Não sei o que pensar disso”, acrescentou o duplista alemão com um pisca.

De todas as alterações propostas pela ATP, provavelmente a mais drástica será que apenas 16 vagas nas chaves de duplas dos Masters 1000 ficarão com os duplistas, sendo que as outras 16 irão para os melhores jogadores de simples que quiserem se inscrever na competição.

“Acho que a ATP não sabe realmente como tudo deveria funcionar”, afirmou Puetz, sem saber o que esperar das mudanças feitas. Sem ter muito o que fazer no momento, ele e o parceiro querem esperar para ver o que acontecerá. “Agora vamos apenas experimentar como será”.

O foco dos alemães no momento não está nas mudanças da ATP e sim na preparação para os Jogos Olímpicos, que começam no final de julho em Paris. “Já estamos de olho nisso. Talvez seja a parte mais importante deste ano, pelo menos é importante para nós”, comentou Puetz.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE