PLACAR

Pigossi vence e Brasil sai na frente contra a Coreia

Foto: Luiz Cândido/CBT

por Mário Sérgio Cruz, de Brasília

O Brasil saiu na frente no confronto contra a Coreia do Sul pelos playoffs da Billie Jean King Cup, em Brasília. Atual número 2 do país e 134ª do mundo, Laura Pigossi marcou um duplo 6/1 em apenas 1h13 contra Sohyun Park, 252ª colocada e jogadora de melhor ranking entre as cinco sul-coreanas convocadas para o evento. Os jogos acontecem na quadra de saibro da Arena BRB, ao lado do Estádio Mané Garrincha.

Paulista de 29 anos, Pigossi marcou sua quinta vitória em dez jogos de simples pela competição. A equipe brasileira tem a chance de ampliar a vantagem para 2 a 0 ainda nesta sexta-feira. Principal jogadora do país e número 11 do mundo, Beatriz Haddad Maia enfrentará a jovem de 20 anos e apenas 505ª do ranking Yeonwoo Ku. No sábado, Bia e Park abrem a programação às 10h.

Quem vencer o confronto deste final de semana em Brasília irá ao Qualificatório Mundial da Billie Jean King Cup no início do ano que vem, que por sua vez valerá vaga na fase final de 2024. Desde a mudança da formato da competição em 2020, o Brasil jogou duas vezes a fase qualificatória, curiosamente ambas contra a Alemanha, que levou a melhor em ambas as ocasiões.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Bastante confortável com a combinação de saibro e altitude de Brasília, que deixa o jogo um pouco mais rápido em relação a outras quadras do mesmo piso, Pigossi logo estabeleceu o domínio na partida. Ela era a jogadora com maior iniciativa dos pontos e colocava pressão constante sobre o saque da adversária e também nos ralis de fundo. Além disso, a brasileira corria pouquíssimos riscos no saque.

Durante o primeiro set, Pigossi cedeu apenas três pontos nos games de serviço e não demorou para abrir vantagem. Sua primeira quebra veio num game com duas duplas faltas da sul-coreana. Cada vez mais à vontade em quadra e aproveitando o cenário favorável com muito apoio da torcida, a brasileira conseguiu duas novas quebras e fechou o set.

O roteiro da segunda parcial foi bem parecido, com a única mudança é que desta vez a sul-coreana chegou a ter dois break-points, mas quando Laura já vencia por 3/1. Park até tentou se defender com boas mais altas e arriscar algumas curtinhas, mas Pigossi seguiu muito confortável e definiu a disputa com tranquilidade.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE