PLACAR

Pigossi entra no WTA de Seul, Pegula é cabeça 1

Foto: Caldas da Rainha Ladies Open

Seul (Coreia do Sul) – Depois de ter disputado o quali para o WTA 1000 de Pequim e avançado uma rodada, Laura Pigossi segue na Ásia e conseguiu uma vaga direta para o WTA 250 de Seul. A número 2 do Brasil e 122ª do mundo estreia contra a norte-americana Emina Bektas, 118ª colocada, em confronto inédito. A rival de 30 anos está com o melhor ranking da carreira.

Em caso de vitória na primeira rodada, Pigossi pode desafia a norte-americana Sofia Kenin, 31ª do ranking e cabeça 5 em Seul, que estreia contra a tenista da casa local Su Jeong Jang. No mesmo quadrante está a letã Jelena Ostapenko, segunda cabeça de chave e campeã em 2017. A atual 17ª do mundo enfrenta outra convidada, Dayeon Back.

Paulista de 29 anos, Pigossi está com seu melhor ranking desde abril e ainda tem a receber os 20 pontos da vitória sobre a top 100 Aliaksandra Sasnovich na China. Ela tenta voltar ao top 100, posição que ocupou em agosto do ano passado. Uma vitória na estreia em Seul vale 30 pontos na WTA, com 60 para quem chegar às quartas.

Do mesmo lado da chave que Pigossi, Kenin e Ostapenko estão a tcheca Marie Bouzkova e a britânica Katie Boulter, cabeças 4 e 8 do torneio. Bouzkova enfrenta a norte-americana Kayla Day, enquanto Boulter estreia contra a eslovena Kaja Juvan.

A principal cabeça de chave é Jessica Pegula, número 4 do mundo. A norte-americana estreia contra a eslovaca Viktoria Hruncakova. Se vencer, Pegula pode enfrentar sua compatriota Ashlyn Krueger, recente campeã em Osaka, ou a argentina Nadia Podoroska. Seu quadrante ainda tem a holandesa Arantxa Rus, cabeça 7. Já a russa Ekaterina Alexandrova, a norte-americana Alycia Parks ou a belga Yanina Wickmayer são possíveis rivais nas semis.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE