PLACAR

Pigossi brilha e conquista o 10º título da carreira

Foto: Tennis South Africa

Pretória (África do Sul) – A ótima semana da paulista Laura Pigossi foi coroada com o título do ITF W50 de Pretória, disputado no piso duro sul-africano. Principal cabeça de chave, a número 2 do Brasil superou na final deste sábado a belga Hanne Vandewinkel, oitava favorita na competição e atual 315 do mundo, pelo placar de 6/2, 4/6 e 7/5 em 2h19 de partida.

Aos 29 anos, Pigossi levanta o décimo troféu da carreira, o quinto sobre quadra sintética e o primeiro na temporada. Com a campanha desta semana, ela somará 50 pontos no ranking e subirá oito posições, saindo do atual 123º lugar para o 115º posto, ficando a 72 pontos de distância do top 100.

Além disso, Laura sai da África do Sul com saldo bastante positivo. Em dois W50 disputados em sequência na cidade de Pretória, ela alcançou uma semifinal e conquistou um título. Nesta semana, ela chegou à decisão sem perder sets. Antes dessa sequência na África do Sul, ela sequer havia vencido duas partidas consecutivas em 2024.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

O jogo deste sábado começou instável para as sacadoras, que logo de cara trocaram uma quebra de serviço. Depois disso, a brasileira voltou a superar o saque da belga por mais duas vezes, no sexto e no oitavo games, fechando o primeiro set em apenas 31 minutos.

Na segunda parcial, Laura desperdiçou três break-points no segundo game e viu a adversária quebrar o seu serviço no quinto para abrir vantagem no marcador. Na reta final do set, houve uma nova troca de quebras e Vandewinkel acabou vencendo por 6/4.

No terceiro e decisivo set, a brasileira levou um grande susto. Depois de conseguir a primeira quebra e abrir 5/2 no placar, encaminhando a vitória, ela diminuiu a intensidade e ganhou apenas um ponto nos três games seguintes, permitindo o empate. Pigossi então colocou a cabeça no lugar, confirmou seu saque e fechou o jogo no primeiro match-point que teve, no serviço da belga.

“Foi um jogo duro, ela jogou super bem. Estou feliz de ter ido bem nos momentos importantes e conseguido aguentar. Final nunca é fácil, entra um pouco de dúvida, mas soube lidar bem com essa situação. Estou feliz por minha atitude e garra”, disse Laura após a conquista.

23 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Sandro Paixão
Sandro Paixão
1 mês atrás

Parabéns pelo título, Laura Pigossi !

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás
Responder para  Sandro Paixão

E viva Laurinha! Mais uma vez campeã em uma final difícil, em que a adversária sacou muito bem. E revelou-se acertada a estratégia dela de disputar ITFs na África. Agora é ir para Indian Wells faturar uns dólares…

jose carlos
jose carlos
1 mês atrás

Muito boa essas duas semanas.Retira muito da pressão dos pontos das Quartas em Bogotá que caem daqui um mês e da confiança para o Quali de IW que começa segunda-feira.Torcer para um bom sorteio e quem sabe fura-lo.

Ubiratan (Black)
1 mês atrás

Parabéns, Pigossi!
Objetivo cumprido, taça na mão, dinheiro na conta e pontos no ranking.
Vamos pro próximo!!
Quanto a menina, chegará ao top 200 nesse ano com certeza. A velocidade dependerá do tamanho dos torneios que participar, pois só fez W50, dois, agora em fevereiro. Subiu 300 posições ano passado no grão em grão, sem maiores convites.

No mais, quem quiser, o choro é livre!!

Sidney
Sidney
1 mês atrás
Responder para  Ubiratan (Black)

Top 100

Luiz Fernandes
Luiz Fernandes
1 mês atrás

Fez a parte dela e foi campeã com méritos, torneio fraquíssimo isso é fato. Parabéns!

LRSantis
LRSantis
1 mês atrás

Muito bom! Top 70 é logo ali

João Cesar pavan
1 mês atrás

Parabéns pigossi.isso ajuda muito a subir mais um degrau

Daniel Macedo
Daniel Macedo
1 mês atrás

É campeā! Parabéns Laura Pigossi!

Sidney
Sidney
1 mês atrás

*Top 100.

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás

Guerreira!

Psiquiatra
Psiquiatra
1 mês atrás

Cabeça de chave 1 em uma torneio fraquinho
O nível è esse mesmo
Se subir um degrau nos torneios é taca certa

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás
Responder para  Psiquiatra

FF: Frustrado Fake

F.F.
F.F.
1 mês atrás
Responder para  Paulo A.

Não uso fakes meu caro

Gil
Gil
1 mês atrás

Ela deveria focar em torneios deste nivel , infelizmente não tem condições em torneios WTA 250 ou mais.

Guilherme Corrêa
Guilherme Corrêa
1 mês atrás

Parabéms
É guerreira e em geral não joga abaixo do seu potencial. Ou seja, não oscila muito dentro da margem de capacidade.
Se a Bia tivesse essa regularidade
…mínimo top 5.
Torço muito por elas todas.

Albert
Albert
1 mês atrás

Parabéns pela conquista!! Rumo ao top 100.

Jorge Luiz
1 mês atrás

Parabéns Pigossi grande guerreira

Bernardo Dornela
Bernardo Dornela
1 mês atrás

Grande Pigossi, avançando mais um degrau. É seu 3° maior título, atrás do meu dos recentes 125 de Buenos Aires e 60 de Feira. Esses 50, aliás, são novos no circuito, não? Estão no lugar dos 60? Porque já vi que temos agora os W35. Enfim, importante campanha, parabéns pra nossa medalhista olímpica

Márcio
Márcio
1 mês atrás

Ótimas semanas da Laura em Pretória, fez valer a condição de cabeça n. 1 e fechou com chave de ouro!! Parabéns!!

Roberto
Roberto
1 mês atrás

Guerreira total!!! Tenho orgulho de sua resiliência. Merecedora.

Gustavo
1 mês atrás

Fico nos W50. Encontrou o nicho

JBG
JBG
1 mês atrás

Estava torcendo pra Julia Konishi também, mas muito inteligente a Laura em fazer um planejamento e calendário de acordo com seu momento no mundo maluco que é esse amado esporte tênis. Viaje treino e jogo, partiu Indian Wells. Parabéns pelo título parece fácil aqui de fora mas não é, todos torneios são difíceis há meu ver Laura e Bia surgiram juntas em torneios como estes todos… Alegria de mais um troféu na prateleira de casa não tem preço. Muito coisa um tenista tem que passar pra conseguir isso, independente do nível do torneio. Todos tem seu valor, na minha mais humilde opinião. Ela vai lembrar com muito carinho dessas conquistas mais tarde. E todos nós vamos lembrar de que? Novamente ela está super feliz, parabéns!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE