PLACAR

Pegula passa fácil por Sakkari e decide em Tóquio

Foto: Toray Pan Pacific Open

Tóquio (Japão) – A norte-americana Jessica Pegula garantiu sua quarta final da temporada neste sábado, ao superar com autoridade a grega Maria Sakkari, campeã de Guadalajara há uma semana, com parciais de 6/2 e 6/3. Sua adversária na decisão será Veronika Kudermetova, que levou a melhor no duelo russo contra Anastasia Pavlyuchenkova, após duros 7/6 (8-6), 6/7(2-7) e 6/3.

Esta foi a 33ª vitória de Pegula sobre piso sintético nesta temporada, igualando a marca da parceira de duplas e campeã do US Open, a compatriota Coco Gauff. A cabeça 4 no entanto só tem um título em 2023, o importante WTA 1000 de Toronto, em agosto.

“Quando se está no topo do ranking, penso que tudo depende de como você joga em determinado dia, como executa seu plano de jogo e alguns dias você faz isso melhor do que em outros”, avaliou Pegula, que entrou em quadra com retrospecto negativo de três vitórias em oito duelos contra Sakkari. “Claro que as quadras mais rápidas me ajudam mais”.

Pegula, que havia perdido para Sakkari em Washington há dois meses, tomou o controle da partida deste sábado e deu poucas chances de reação. Fechou o duelo com 21 winners diante de apenas nove da grega e aproveitou cinco dos oito break-points que criou.

Kudermetova por sua vez precisou lutar por 3h25 para garantir a segunda final desta temporada e a primeira sobre quadra dura desde Dubai do ano passado. Pavlyuchenkova já esteve em duas finais de Tóquio, em 2017 e 2019, e teve duas chances de fechar o primeiro set. Kudermetova, que superou a número 2 Iga Swiatek nas quartas, tem agora 14 vitórias em 19 jogos que levou ao set decisivo em 2023.

Este será apenas o segundo confronto entre Pegula e Kudermetova, com vitória da atual número 19 do mundo em três sets no saibro veloz de Madri.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE