PLACAR

Pedretti é finalista de duplas no México e busca maior título

Thaísa Pedretti (Foto: Nelson Toledo/FotoJump)

Cidade do México (México) – Depois de sair do quali até as oitavas no ITF W50 da Cidade do México, Thaísa Pedretti conseguiu uma boa campanha também nas duplas, jogando ao lado da mexicana Maria José Portillo. Elas venceram nesta sexta-feira as norte-americanas Rasheeda McAdoo e Alana Smith por 6/4, 3/6 e 10-2.

Paulista de 24 anos, Pedretti tenta conquistar o maior título da carreira nas duplas. Ela já venceu 12 torneios entre ITF W15 ou W25 em sua carreira profissional e ocupa o 933º lugar do ranking. Pela campanha, está somando 33 pontos e se aproximando da 700ª posição. Se for campeã, fará 50 pontos e ficará por volta do 650º lugar.

A campanha de Pedretti e Portillo começou com vitória sobre as principais cabeças de chave, a colombiana Maria Paulina Perez-Garcia e a norte-americana Sofia Sewing por 6/2 e 7/5. E nas quartas, foram beneficiadas pela desistência da norte-americana Hanna Chang e da canadense Kayla Cross. As adversárias na final serão as norte-americanas Jessie Aney e Jessica Failla.

Em simples, Pedretti ocupa o 706º lugar do ranking e tem como melhor marca da carreira a 379ª posição, alcanaçada em 2020. Ela soma 8 pontos na WTA pela campanha e sobe para o 665º lugar e ficou 11 meses afastada devido a uma lesão na mão direita, voltando ao ranking após um título no fim do ano passado em Buenos Aires. O torneio teve mais três brasileiras, Carol Meligeni, Gabriela Cé e Ana Candiotto.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE