PLACAR

Parceira de Stefani no US Open, Brady opera mais uma vez

Foto: Pete Staples/USTA

Chicago (EUA) – Depois de retornar em 2023 e disputar apenas 12 partidas no total, com seis vitórias e seis derrotas, a norte-americana Jennifer Brady decidiu fazer uma pausa no final de setembro, ouvindo o seu corpo. E a solução acabou sendo uma cirurgia.

Uma nova intervenção no joelho manterá a norte-americana de 28 anos longe do circuito por um tempo, mas ela não quer ficar afastada do tênis. Brady anunciou que trabalhará como treinadora na faculdade em que competiu durante seus anos de tênis universitário.

Brady jogou pela Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), estreando na equipe no segundo semestre de 2013 e ajudando a conquistar o título nacional da divisão 1. Lá ela completou o segundo ano e depois seguiu para o tênis profissional, em 2014.

Vice-campeã do Aberto da Austrália de 2021, sua melhor campanha em Grand Slam, a norte-americana também foi semifinalista do US Open em 2020. Brady tem apenas um título na WTA, alcançando sua melhor marca no ranking em fevereiro de 2021, quando foi 13ª do mundo.

No ano passado, Brady jogou o US Open de duplas ao lado da paulista Luisa Stefani, indo até as semifinais do torneio, derrotadas pela alemã Laura Siegemund e pela russa Vera Zvonareva.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Afonso
Afonso
4 meses atrás

Poderia fazer dupla fixa com a Ingrid

Última edição 4 meses atrás by Afonso

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE