PLACAR

‘Nunca é fácil ganhar de um amigo’, afirma Rublev

Xangai (China) – A vitória deste sábado no Masters 1000 chinês foi muito importante para Andrey Rublev. Além de colocá-lo com chance de ganhar seu segundo torneio desse quilate da temporada, o devolveu ao quinto lugar do ranking e o deixou muito perto da vaga para o Finals de Turim.

“Não é fácil ganhar de um amigo”, afirmou o russo, referindo-se à vitória em sets diretos sobre o búlgaro Grigor Dimitrov. “Você acaba sentindo duas coisas diferentes. Por um lado está triste, por outro você quer vencer. É uma mistura de sentimentos”.

O bom relacionamento entre eles ficou claro numa passagem importante do tiebreak. Com 3-2 à frente, Rublev ganhou o ponto com uma devolução firme do primeiro serviço, mas o búlgaro acabou não disputando o ponto porque acreditou ter visto a bola resvalar na fita. O sistema eletrônico não acusou e Rublev ofereceu para disputar novamente a jogada, mas Dimitrov recusou.

“Sinto muito pelo que aconteceu, eu realmente queria voltar o lance, mas Grigor agiu como um real campeão e me disse ‘não é sua culpa’ e me deu o ponto. Era um momento muito delicado e tavlez por isso eu tenha vencido o tiebreak”.

O russo até agora não perder qualquer um dos 10 sets que disputou em Xangai e aumentou seu recorde em torneios de nível Masters desta temporada para 18 vitórias em 24 possíveis.

Para a difícil final deste domingo contra Hubert Hurkacz, contra quem perdeu os dois primeiros duelos e depois venceu os dois mais recentes, Rublev só quer estar fisicamente bem. “Preciso descansar e me recuperar, porque Hubi é um adversário difícil. É um daqueles que você nunca quer enfrentar. Seu estilo, seu saque, a forma com que bate na bola… Preciso estar preparado”.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE