PLACAR

Norrie dá vantagem à Grã-Bretanha contra a Austrália

Foto: Divulgação/United Cup

Perth (Austrália) – No segundo confronto desta rodada inaugural da United Cup, a Grã-Bretanha saiu na frente dos donos da casa. Na manhã desta sexta-feira, Cameron Norrie superou Alex de Minaur em três sets, parciais de 6/4, 2/6 e 7/6 (7-2) em 2h23 de jogo, colocando os britânicos em vantagem na abertura do grupo C, disputado na cidade de Perth.

Na tentativa de empatar o duelo e levar a decisão para as duplas mistas, Ajla Tomljanovic desafiará Katir Boulter. A australiana levou a melhor no único duelo anterior, na grama de Nottingham em 2022.

Atual número 18 do mundo, Norrie quebrou uma sequência de nove derrotas contra adversários do top 20 e empatou o retrospecto contra De Minaur, 12º colocado no ranking, em 2 a 2. Para isso, o britânico contou com a consistência em seus games de serviço, vencendo 89% dos pontos em que acertou o primeiro saque. No primeiro set, ele sequer enfrentou break-points e aproveitou um dos dois únicos que teve, ainda no game inaugural da partida.

A história poderia ter se repetido na segunda parcial, mas o canhoto de 28 anos desperdiçou chance de quebra logo de cara e acabou tendo o serviço quebrado duas vezes, no sexto e no oitavo games, deixando o australiano empatar a partida.

Já no set decisivo, o jogo seguiu bastante equilibrado, com domínio dos sacadores. Houve apenas um break-point em toda a parcial, desperdiçado por Alex de Minaur no sexto game. A definição foi então para o tie-break, e Cameron Norrie prevaleceu para dar o primeiro ponto à Grã-Bretanha.

“Eu realmente tive que ir fundo e jogar com muita coragem naquele terceiro set. Encontrei boa profundidade no meu forehand, as bolas ficaram um pouco mais velhas e eu realmente tive que bater nelas. É sempre difícil enfrentar Alex. Ele é um grande amigo e sempre temos boas batalhas. Eu sabia que teria que correr muito hoje e o fiz. Havia uma ótima atmosfera”, analisou Norrie.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE