PLACAR

Nishikori recebe convite e retornará em Miami

Foto: Alex Smith/Atlanta Open

Miami (EUA) – Uma das grandes atrações do Masters 1000 de Miami será o retorno do japonês Kei Nishikori ao circuito. Recuperado de uma lesão no joelho, o jogador de 34 anos recebeu um convite da organização e voltará a disputar a chave principal do torneio em que foi vice-campeão em 2016, caindo para Novak Djokovic na final.

Esta será a primeira participação de Nishikori em Miami desde 2021, quando parou na segunda rodada. Já sua última partida no circuito aconteceu em julho do ano passado, na derrota para o norte-americano Taylor Fritz nas quartas de final do ATP 250 de Atlanta. Recentemente, o tenista iniciou uma parceria com o treinador sueco Thomas Johansson, campeão do Australian Open em 2002 e que até a mais recente edição em Melbourne trabalhava com a romena Sorana Cirstea.

Depois de longa pausa para se recuperar de uma cirurgia no quadril, Nishikori havia conseguido um retorno de sucesso em junho de 2023, se tornando o primeiro tenista sem ranking a ganhar um challenger, logo na sua semana de retorno. No entanto, a alegria durou pouco e quatro torneios depois ele teve um problema no joelho e não entrou mais em quadra desde então.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Atual 353º colocado no ranking, o japonês já ocupou a quarta posição em março de 2015 e alcançou a decisão do US Open na temporada anterior. Em Nova York fez outras duas semis e atingiu as quartas em todos os outros Grand Slam: quatro vezes no Australian Open, três em Roland Garros e duas em Wimbledon. Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, conquistou a medalha de bronze.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gusmão
Gusmão
4 meses atrás

Força.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE