PLACAR

Neta de idealizador da Bahia Juniors Cup vai à semi

Nathalia Tourinho (@bjfilms.ofc)

Salvador (Bahia) – Estão definidos os semifinalistas do 38º Bahia Juniors Cup, no Clube Bahiano de Tênis, em Salvador. Destaque para a gaúcha Laura Badia, que eliminou a principal favorita, a paranaense Paola Dalmonico, por 7/6 (7/5) 6/4 e jogará a semifinal contra a jamaicana Alyssa James, algoz da baiana Luana Paiva por 7/6 (7/5) 6/2. A outra semi será disputada entre a cabeça 3, a brasiliense Maria Luisa Oliveira, e paulista Sthefany Lima. Maria Luisa derrotou Gabriela Cho por 6/1 6/4 enquanto que Lima passou por Julia Pereira por 1/6, 6/3 e 7/6 (8/6).

Entre os meninos, o jovem goiano de 14 anos, Luis Miguel, que disputa apenas seu segundo torneio na categoria mundial até 18 anos, segue surpreendendo e tirou mais um favorito, desta vez Thiago Guglieri, por 7/6, 0/6 e 6/2 e vai brigar por vaga na final contra Gustavo Albieri. Guto Miguel ganhou convite da organização, após ter sido semifinalista em Wimbledon na categoria da sua idade este ano e de ter vencido três torneios europeus no meio do ano.

“Jogo incrível, comecei meio abaixo, mas fui me encontrando mais, ganhei no tie-break. No segundo set, ele começou muito bem, foi firme nos golpes, quando eu pisquei o olho estava 4/0 para ele. No terceiro, peguei confiança, saí quebrando, abri boa vantagem. Muito feliz com esse jogo, queria agradecer a meus treinadores, o Kike Grangeiro, o Santos Dumont, vamos com tudo.”

A outra semifinal será entre Stephan Noale e Henrique Brito, respectivamente cabeças 4 e 2. Noale derrotou Thomas Brandão por duplo 6/1, enquanto que Brito derrotou Bruno Vieira por 6/1, 4/6 e 6/4.

Na categoria 14 anos, com pontos para o ranking sul-americano da Cosat, uma semifinal totalmente baiana entre Nathalia Tourinho e Gabriela Bettoni. Nathalia é neta de um dos idealizadores do Bahia Juniors Cup, a antiga Copa Banco Econômico, Luís Tarquínio. Tourinho passou pela carioca Julia Canto, sobrinha do judoca medalhista olímpico Flávio Canto, por 6/1 6/0, enquanto que Bettoni passou por Isadora Benalle por duplo 6/3. A outra será entre Paola Polese e Mariana Ramos.

Ao todo são 350 atletas de sete países (Brasil, Holanda, Colômbia, Argentina, Paraguai, Peru e Jamaica) contabilizando todas as categorias desde o mundial até 18 anos, passando pelo Sul-Americano Cosat (16 e 14 anos) e o Brasileiro (12 anos). O número é um recorde histórico para o evento.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE