PLACAR

Nadal x Zverev: veja a análise da aguardada partida

Por José Nilton Dalcim

Alexander Zverev marcou 6/3, 7/6 (7-5) e 6/3, e é apenas o terceiro a bater Rafael Nadal em 19 presenças do espanhol em Roland Garros e o segundo a fazê-lo em sets diretos. Mas Rafa garante que ainda não é a despedida.

Terceiro set

3-6 – Outro game quase impecável de Zverev, firme na devolução e agressivo da base. Muito sensível ao momento, Sascha é bem econômico na comemoração.
3-5 –
Dupla falta deu 15-40 a Nadal, mas daí em diante Zverev foi muito oportuno e arrancou duas cruzadas de backhand absolutamente estonteantes

3-4 – Em outro lance genial, Rafa defende smash e mata na paralela, mas dupla falta o colocou de novo com break-points a defender e desta vez não deu para segurar uma devolução milimétrica quando tentou fazer saque-voleio
3-3 –
Game a jato de Zverev usando todo seu potente saque
3-2
– Em game de 13 minutos e muita troca de bola, Nadal mostrou o conhecido espírito de luta e salvou três break-points cruciais com voleios e um raro ace (só fez dois até agora na partida)

2-2 – Outro game muito brigado neste terceiro set. Zverev está com dificuldade de ganhar pontos fáceis com o saque – aproveitamento caiu de 86% para 64% -, mas tira tudo do backhand
2-1 – Zverev sobe o nível de novo e faz um pouco de tudo para recuperar a quebra, incluindo um forehand na corrida incrível
2-0 –
Decidido a ser mais agressivo, Nadal encurrala Zverev e o alemão faz outra vez péssima escolha para sofrer nova quebra
1-0
– Nadal encarou dois break-points, mas decidiu ir à rede ao desequilibrar o alemão e se saiu muito bem

Segundo set

O único a conseguir ganhar os dois primeiros sets de Nadal em Roland Garros foi Djokovic, que venceria por 3 a 0  nas quartas de final de 2015
6-7 –
Sob olhares também de Swiatek e Alcaraz, Nadal escolheu mal um ponto decisivo, algo pouco comum para ele, e a curtinha ineficiente custou também o segundo set.
6-6
– E vamos ao tiebreak. Em 2022, os dois sets jogados foram ao desempate.


5-6 – E depois disso, momento sofrível, com dupla falta e tudo, mas grandes saques salvam Zverev e lhe dão a virada. Momento mais que tenso dos dois lados. 
5-5 –
Game impecável do alemão, com paciência para entrar nos pontos e disparar winners dos dois lados
5-4 –
Muito esforço de Zverev para diminuir placar. Certamente, vai tentar forçar devoluções e testar nervos de Nadal, que no entanto tem apoio maciço da torcida
5-3 –
Nadal faz voleios espetaculares – ganhou todas as nove subidas à rede – e escapa de 15-30 antes de fechar com outro erro de forehand do adversário
4-3 –
Mais confiante, espanhol começa a distribuir bem as bolas, mantendo Sascha em movimento, o que certamente é o caminho ideal
4-2 –
Grande momento de Nadal, com saque mais profundo e uso de paralelas diante de um Zverev que parece mais acuado
3-2 –
Nadal enfim lucra com o forehand de Zverev, que pagou caro ao duvidar de uma paralela, e obtém quebra com curtinha perfeita


2-2 – Dois backhands muito ruins – já são 6 na partida – levaram Nadal a 15-40, mas ele sacou muito depois disso e deu seu salto de comemoração
1-2 –
Zverev continua forçando a profundidade das bolas, o que é importe para ele
1-1 –
Nadal também ganha seu game de zero
0-1
– Zverev consegue seu terceiro game de saque na partida sem perder ponto

Primeiro set

Esta é a 12ª vez que espanhol perde o primeiro set em Roland Garros. Em 9, conseguiu reagir. Derrotas foram para Soderling (2009) e Djokovic (2015).
3-6 –
Nadal lutou muito, salvou dois set-points mas Zverev fez um lance notável para chegar numa curtinha e aproveitou enfim a terceira chance.
3-5 –
Quando se viu apertado, Zverev usou saque-voleio, swing-volley e ace. Repertório amplo.
3-4 –
Outro game em que Nadal precisou trabalhar pontos e levar adversário às falhas
2-4 –
Alemão já soma 10 winners na partida. metade de forehand, e tem game tranquilo de saque.
2-3 –
Nadal enfim usa bem o saque para definir na segunda bola de forehand, dando-se ao luxo de saque-voleio
1-3 –
Zverev errou backhands bobos e virou o game com o forehand. Coisas do tênis.
1-2 –
Nadal sai do zero para delírio da torcida e já muda o plano, forçando o backhand do alemão com bolas mais altas.
0-2 –
Zverev deu curta, voleio e está sólido no forehand, onde obviamente Rafa tenta explorar o tempo todo.
0-1
– Nadal não conseguiu incomodar com o saque e já sofre a primeira quebra, com um tremendo forehand winner e erros do espanhol.

Pré-jogo – Chuva cai forte outra vez em Paris e certamente o jogo todo será sob teto fechado, o que na teoria é ainda melhor para Zverev

Expectativa
O que não faltam são dúvidas para este duelo tão aguardado de primeira rodada. Afinal, o próprio espanhol não quis cravar que está se despedindo de Roland Garros. Além disso, é preciso ver se estará em total condição física para aguentar uma possível maratona de cinco sets.

Dono de 14 títulos, Rafa tem 112 vitórias e apenas três derrotas no torneio, uma para Robin Soderling e duas para Novak Djokovic, e jamais perdeu antes da terceira rodada em 18 participações anteriores.

Zverev ganhou três dos 10 confrontos, um deles no saibro de Madri, e precisou abandonar a semi de 2022 contra Nadal por conta do terrível acidente no segundo set que o forçou a cirurgias no tornozelo. Acaba de ganhar Roma e não poderia estar mais confiante.

O que se espera na parte técnica e tática é um Nadal se esforçando para não perder serviço – a primeira coisa que se faz diante de um adversário de grande saque – e tentando entrar nos pontos para forçar o forehand do alemão. Pode optar por curtas e também subidas à rede por esse lado direito. Já Zverev precisa muito do primeiro saque para finalizar rapidamente os pontos, embora tenha mostrado solidez na base em Roma.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Aryno Swionteko
Aryno Swionteko
18 dias atrás

Olha Zé…. Óia Zé !!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE