PLACAR

Nadal: “Djoko é único rival de Alcaraz no momento”

Foto: Rafa Nadal Academy

Manacor (Espanha) – Cada vez mais perto de poder retomar sua carreira e voltar a competir, o espanhol Rafael Nadal concedeu uma entrevista ao AS, na qual falou mais um pouco sobre seu processo de recuperação e também vislumbrou uma possível parceria nos Jogos Olímpicos de Paris com o compatriota Carlos Alcaraz, que para ele, está no momento em um nível acima, junto apenas com o sérvio Novak Djokovic.

“Há pouca surpresa sobre Carlos e o que ele pode fazer. No momento, o único rival que vejo para ele é Djokovic, ambos estão um degrau acima dos demais. Minha sensação é que, quando ele joga, o resultado da partida depende dele em 90% dos casos. Nesse sentido, acho que o que aconteceu em Wimbledon não me surpreende”, afirmou o canhoto de Mallorca.

Alcaraz pode inclusive ser parceiro de Nadal em uma eventual participação nos Jogos de Paris, embora não tenha nada conversado ainda. “A nível pessoal, gostaria de disputar as Olimpíadas mais uma vez. Vivi momentos incríveis de convivência, de ver o que é o esporte em sua pura essência. Quanto ao fato de jogar em duplas com o Carlos, não tive a menor conversa com ele nesse sentido, mas também gostaria e seria uma boa motivação”.

Novamente o canhoto de Mallorca não cravou que irá definitivamente se aposentar em 2024, embora acredite que esse seja o caminho mais provável. Acho que será meu último ano, estou bastante convencido. Mas se me sinto bem fisicamente, minha cabeça funciona, me sinto competitivo e gosto do que faço, por que me limitaria? Não posso afirmar 100%, não posso garantir porque as coisas sempre podem acontecer”, comentou Rafa.

“Estou confiante de que em dois meses as coisas mudarão radicalmente e terei a oportunidade de me preparar como gostaria para o próximo ano. Se tenho capacidade para treinar bem em plenas condições, poder melhorar é uma motivação diária”, observou o ex-número 1 do mundo, ansioso pela volta e confiante de que possa voltar a jogar em um bom nível em 2024, no que tem tudo para ser sua temporada de despedida.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE