PLACAR

Muchova vence mais uma no retorno e desafia Keys

Foto: Jason Whitman/Western & Southern Open

Eastbourne (Inglaterra) – Em seu primeiro torneio após dez meses afastada por lesão, a tcheca Karolina Muchova já está nas quartas de final do WTA 500 de Eastbourne. Beneficiada pela desistência da russa Elina Avanesyan na estreia, precisando jogar apenas quatro games, desta vez a ex-número 8 do mundo disputou uma partida completa e derrotou a polonesa Magda Linette por 6/4 e 6/1 em 1h45 de jogo.

Jogando o torneio pela primeira vez na carreira, Muchova terá pela frente uma bicampeã, a norte-americana Madison Keys, vencedora das edições 2014 e 2023, que confirmou o favoritismo diante da ucraniana Anhelina Kalinina também nesta quarta-feira, triunfando por 7/6 (7-5) e 6/1 em 1h30. As duas só se enfrentaram uma vez no circuito, com vitória de Keys em sets diretos na primeira rodada do WTA 1000 de Pequim em 2019.

De olho nesse confronto estão Leylah Fernandez e Harriet Dart, que medirão forças no outro duelo de quartas de final. Também nesta quarta-feira, a canhota canadense não teve trabalho para derrotar a norte-americana Ashlyn Krueger por 6/2 e 6/1, enquanto a britânica precisou de 2h30 para eliminar a estadunidense Sofia Kenin, com o placar de 6/3, 6/7 (3-7) e 6/0. Essa pode ser a chance de Fernandez vingar uma derrota em casa diante de Dart, que bateu a canadense no WTA 1000 de Montréal em 2021.

Boulter mantém boa fase e elimina Ostapenko

Em uma temporada na qual já conquistou dois títulos, um deles na grama de Nottingham há cerca de dez dias, e fez sua estreia no top 30, a britânica Katie Boulter segue embalada e desta vez eliminou uma ex-campeã do torneio de Eastbourne. A anfitriã gastou 2h04 para aplicar as parciais de 6/4 e 7/5 diante da letã Jelena Ostapenko, vencedora em 2021 e finalista também em 2022.

Boulter agora espera pela vencedora da partida entre Elise Mertens e a Jasmine Paolini, que encerram a programação desta quarta. A britânica perdeu o único duelo anterior contra a belga, em Miami há três anos, e nunca enfrentou a italiana na carreira.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
JBG
JBG
18 dias atrás

Karolina Muchova… Essa joga muito, tem muitas armas dentro do jogo. Se não fosse essa lesão provavelmente seria número 2 ou 3 do mundo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE