PLACAR

Monteiro vence e alcança sua 15ª final de challenger

Foto: Uruguay Open

Montevidéu (Uruguai) – Em um sábado de jogos muito longos pelo challenger de Montevidéu, os brasileiros tiveram rumos opostos. Thiago Monteiro garantiu vaga na final do torneio uruguaio em quadras de saibro, enquanto Gustavo Heide esteve muito perto da vitória, mas se despediu na semi.

Monteiro precisou de três sets e 2h34 para vencer o boliviano Hugo Dellien, 112º do ranking, por 7/6 (7-1), 1/6 e 6/3. Esta foi a terceira vitória do cearense de 29 anos sobre o rival no circuito e a segunda na temporada. Ele já havia passado por Dellien na campanha para o título do challenger de Campinas.

Durante a primeira parcial, Monteiro chegou a estar perdendo por 5/2, mas salvou três set-points antes de buscar o empate e vencer o tiebreak. Dellien reagiu na segunda parcial ao conquistar duas quebras e escapar dos dois break-points que enfrentou. Já no terceiro set, o brasileiro abriu 5/1 e teve dois match-points no saque. O boliviano devolveu uma das quebras, mas a vantagem construída por Monteiro era confortável para que ele defisse a vitória em sua segunda oportunidade.

Vencedor de nove torneios de nível challenger, Monteiro disputará sua 15ª final em torneios deste porte. Atual 131º do ranking, ele está somando 60 pontos pela campanha e voltando ao grupo dos 120 melhores. Se for campeão, o cearense receberá 100 pontos e ficará muito próximo do 110º lugar. Suas principais metas para este fim de ano são a volta ao top 100 e a vaga direta no Australian Open de 2024.

Heide é superado na semifinal em jogo de quase 3h
O adversário de Monteiro na final deste domingo às 19h (de Brasília) será o argentino Facundo Diaz Acosta, 111º do ranking, que derrotou o paulista Gustavo Heide, 270º colocado, por 4/6, 6/3 e 7/5 em 2h52 de partida. Foi a segunda vitória de Acosta sobre Heide em três semanas, repetindo o resultado da semifinal dos Jogos Pan-Americanos de Santiago.

Paulista de 21 anos, Heide chegou a ter três match-points neste sábado. O jovem tenista alcançou o melhor ranking da carreira no início de outubro, quando ocupou o 232º lugar. Com os pontos da semi, ele que volta ao grupo dos 250 melhores. Heide tentava alcançar sua segunda final de challenger na temporada e também carreira.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE