PLACAR

Monteiro e Meligeni param na rodada final do quali

Foto: IEB Argentina Open

Buenos Aires (Argentina) – A rodada final do qualificatório do ATP 250 de Buenos Aires não foi nada boa para o tênis brasileiro. Neste domingo, os dois representantes do país foram eliminados e assim somente o paranaense Thiago Wild disputará a chave principal no saibro argentino, estreando justamente contra um tenista vindo do quali.

Buscando sua primeira participação no torneio, o paulista Felipe Meligeni Alves repetiu o resultado do ano passado ao cair na última rodada da fase prévia. Desta vez, ele foi superado de virada pelo anfitrião Mariano Navone, número 118 do mundo, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/4.

Depois de salvar dois break-points logo no segundo game da partida, Meligeni conseguiu uma importante quebra no quinto, sabendo administrar bem a vantagem até o final da parcial. Com baixíssimo aproveitamento no segundo set, o brasileiro venceu metade dos pontos com o primeiro saque e apenas 14% quando colocou o segundo serviço em quadra. Assim, foi facilmente batido por Navone, que levou a definição para a parcial decisiva.

O terceiro set começou com chances de quebra para os dois lados e seguiu equilibrado até o sétimo game, quando o brasileiro foi muito mal e acabou sendo quebrado de zero. A partir daí, o argentino soube controlar muito bem o jogo e não deu mais chances de reação a Felipe.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já o cearense Thiago Monteiro tentava sua sétima presença no ATP argentino, tendo alcançado as quartas de final em 2017 e 2020, mas também ficou pelo caminho. Oitavo cabeça de chave no quali, o canhoto de 29 anos não foi páreo para o italiano Andrea Vavassori, 151º do rankig, e acabou caindo em sets diretos, por 6/4 e 7/6 (7-5).

Monteiro chegou a ter 5/2 de vantagem na segunda parcial e sacou para o set no nono game, mas acabou cedendo a quebra. Na sequência, teve um set-point no saque do italiano e novamente não aproveitou. Dessa forma, a definição acabou se encaminhando para o tiebreak e Vavassori prevaleceu.

32 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Leo, o realista
Leo, o realista
9 dias atrás

O negócio é voltarem pro Brasil e curtir o carnaval

Hater pé de chinelo
Hater pé de chinelo
9 dias atrás
Responder para  Leo, o realista

Fato

Fabricio
Fabricio
8 dias atrás
Responder para  Leo, o realista

Kkkkkkkk

Thiago
Thiago
9 dias atrás

Que fase do tênis masculino brasileiro… nossa esperança é apenas o oscilante Wild.

Wilton Bernardes
Wilton Bernardes
9 dias atrás

Ê Monteiro véi. Quali de 250 de Buenos Aires. Fundo do poço.

Rocha
Rocha
9 dias atrás
Responder para  Wilton Bernardes

Verdade né, pq vc não representa a gente….

Jorge Luiz
9 dias atrás

Monteiro,5 a 2 e não fechou o segundo set, terrível,o jogo do Meligeni era bem mais complicado, argentinos sempre fazendo a festa sobre os brasileiros, que coisa

Thiago
Thiago
9 dias atrás
Responder para  Jorge Luiz

Exatamente. Mas o triste do Meligeni é que ele tem qualidade. Acho que falta ali é mental. Monteiro é lutador, trabalhador. Se o Meligeni fosse metade do Monteiro nesse aspecto, era top 100.

Andy Schmid
Andy Schmid
8 dias atrás
Responder para  Thiago

Isso prova que só luta e trabalho não resolvem.

Hater pé de chinelo
Hater pé de chinelo
9 dias atrás

Terrivel
Esses são os heróis da Davis contra tops 200
Tênis masculino falta a extrema unção

Ivan Sakharov
Ivan Sakharov
9 dias atrás
Responder para  Hater pé de chinelo

Vai dormir, FF. Não adianta se esconder. Todo o mundo reconhece esse teu samba sonolento de uma nota só!!!

José Silva
José Silva
9 dias atrás

E ainda tem gente que defende!! Não aguentam a pressão!!

Fabricio
Fabricio
9 dias atrás

Vai ano e vem ano e os nossos tenistas não saem do lugar, é desanimador. Mais do mesmo!

Albert
Albert
9 dias atrás

Não tenho mais nada a comentar. Cansado de escrever sempre as mesmas coisas. Vamos aguardar o Fonseca.

Paulo Amolara
Paulo Amolara
9 dias atrás

é constrangedor o tênis nesse país. a CBT vive em outro planeta. melancólico.

Rogério Falco
Rogério Falco
9 dias atrás

O resultado do Felipe foi normal, a fase do Navone é melhor. Já o Monteiro vacilou! O italiano é ótimo duplista, mas no simples não é nenhum craque, apesar de sempre se destacar no saibro. Ficou uma decepção.

Thiago
Thiago
9 dias atrás
Responder para  Rogério Falco

Meligeni é vaga-lume demais. Nos dá esperança atropelando o Viñolas e depois cai na Q2. Mas ok, sendo justo, enfrentou um cara bem complicado. Monteiro hj era bem mais ganhável. Acho que o Monteiro vai ficar orbitando por aí mesmo. Torcer para voltar a furar o top 100.

Sergio
Sergio
9 dias atrás

Brazilian Storm em ação. Água indo esgoto abaixo. Triste! Salve a Bia!

Leonel
Leonel
9 dias atrás

Quem diria. Wild salvando a pátria. Meligeni tá jogando muito porém resultado não vem. Eu gosto muito de tênis como gosto de outros esportes porém o tênis que toma mais minha atenção. Da minha parte tô satisfeito com Bia e o Wild no top 100 e pelo que estão jogando. Agora, precisamos de novos craques no tênis. Vamos torcer para os bons juvenis chegarem bem ao profissional e que não demorem.

Thiago
Thiago
9 dias atrás
Responder para  Leonel

Wild joga muito, mas tá devendo resultados. Único sopro de alegria no nosso tênis hoje é a Bia. Wild ainda ano campo da esperança, como o Fonseca.

Andy Schmid
Andy Schmid
9 dias atrás

Pezinho pra frente, pezinho pra trás…

Hater pé de chinelo
Hater pé de chinelo
9 dias atrás
Responder para  Andy Schmid

Kkkkkkkkkkkk

Refaelov
Refaelov
9 dias atrás

Meligeni era zebra, até vendeu caro a derrota agora o Monteiro foi decepcionante, sacou com 5×3, teve set point com 5×4, a bola pune quem perde tantas oportunidades.. vamos ver se n consegue um LL..

Thiago
Thiago
9 dias atrás
Responder para  Refaelov

Torcendo pro Bolívia pra dar bom pro Monteirao da Massa. É o que nos resta.

Márcio
Márcio
9 dias atrás

Falei que esse quli tava osso!!! Pelamor!! Fizeram bons jogos, bora pra próxima!!

Fabricio
Fabricio
8 dias atrás
Responder para  Márcio

Quando um quali de 250 é osso, é pq o nível de seus tenista não é nada legal.

Márcio
Márcio
8 dias atrás
Responder para  Fabricio

O nível estava forte, sim! Albert Ramos é ótimo tenista! Navone é promissor e jogava em casa! A luta pra alcançar o top 100 é árdua! Todos merecem ser valorizados! Claro que não foi um bom dia, mas teremos outras chances.

Última edição 8 dias atrás by Márcio
Luiz Correia
Luiz Correia
9 dias atrás

Apanhando da Argentina no tênis, no futebol, até no vôlei.

Fernando
Fernando
9 dias atrás

Muita maldade dizer que Monteiro não foi páreo para o Vavassori ao perder de 6×4 e 7×6

Thiago
Thiago
9 dias atrás

Enquanto isso, Darderi (que outro dia tomava taca em CHL dos brazucas) levantando troféu de ATP. Pqp, que fase do nosso tênis… surpresas boas, só dos outros.

santana
santana
8 dias atrás

o que o redator do texto chama de “nada bom a rodada” eu chamaria de PÉSSIMO.

FJ Santana
FJ Santana
8 dias atrás

Impressionante como o Monteiro não faz um tratamento psicológico. Tem uma mente muito fraca e faz o impossível para perder. Não consegue lidar com a possibilidade da vitória iminente., Foram muitos anos de Rio onde ele sempre vai ter um milhão de babões para justificá-lo. Tenha dó!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE