PLACAR

Monteiro dispara no ranking e volta a ser 2 do país

Foto: João Pires/Fotojump

Londres (Inglaterra) – Nesta segunda-feira enfim foram computados os pontos conquistados pelo cearense Thiago Monteiro com o título no challenger de Campinas. A conquista deu um belo impulso ao canhoto de Fortaleza, que subiu 24 posições e assim recuperou o posto de número 2 do Brasil, aparecendo agora na 126ª colocação.

O paranaense Thiago Wild segue como o único tenista do país dentro do top 100, se mantendo no 77º posto. Monteiro pode brigar pelo retorno aos 100 melhores do mundo nesta reta final de temporada. Atualmente, o cearense de 29 anos está 122 pontos atrás do britânico Liam Broady, que aparece na 100ª colocação na ATP.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Disputando o challenger de Santa Fé nesta semana, Monteiro pode diminuir a distância com uma boa campanha no saibro argentino, onde também estará o paulista Felipe Meligeni, atual número 3 do país e 142º do mundo, uma posição acima do que ocupava no último ranking.

Depois deles, o melhor brasileiro na ATP é o paulista Gustavo Heide, que amargou uma queda de 22 lugares e desceu para o 254º posto. Logo em seguida vem o pernambucano João Lucas Reis, que melhorou sete posições e aparece atualmente na 276ª colocação.

Assim como Heide, também teve dura queda o paulista Matheus Pucinelli, que despencou 30 lugares e foi para o 342º posto. Em contrapartida, o gaúcho Orlando Luz e o pernambucano José Pereira tiveram grandes arrancadas. Orlandinho ganhou 53 lugares de uma vez e agora é o 384 do mundo, enquanto Pereira disparou 96 posições e aparece no 496º posto.

Veja o top 10 dos brasileiros na ATP:

Thiago Wild – 77º
Thiago Monteiro – 126º (+24)
Felipe Meligeni – 142º (+1)
Gustavo Heide – 254º (-22)
João Lucas Reis – 276º (+7)
Eduardo Ribeiro – 336º (-8)
Matheus Pucinelli – 342º (-30)
Orlando Luz – 384º (+53)
Daniel Silva – 422º (-5)
Pedro Boscardin – 427º (+3)

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE