PLACAR

Monfils vai às quartas, lucky-loser derrota Wawrinka

Foto: Alexander Scheuber/BNP Paribas Nordic Open

Estocolmo (Suécia) – Não deu para o suíço Stan Wawrinka no ATP 250 de Estocolmo. Depois de uma vitória em sets diretos na estreia, ele teve pela frente nesta quinta-feira o lucky-loser tcheco Tomas Machac, que entrou na chave no lugar do quarto favorito Alejandro Davidovich Fokina, entrou avançado na chave e já está nas quartas de final.

Atual 81 do mundo, seu melhor ranking da carreira, o tcheco de 23 anos derrotou Wawrinka em sets diretos, com o placar final de 6/4 e 6/1. Superado na última do quali pelo croata Dino Prizmic, Machac aproveitou a oportunidade e terá agora pela frente o sérvio Laslo Djere, contra quem jogará pela primeira vez no circuito.

Cabeça de chave número 2, o francês Adrian Mannarino fez valer o favoritismo e venceu na estreia o russo Roman Safiullin, que na primeira rodada eliminou o paranaense Thiago Wild e agora foi superado em sets diretos, com duplo 6/4 anotado em 1h31 de confronto.

Nas quartas de final, Mannarino terá um duelo 100% francês com o compatriota Gael Monfils, que derrotou o austríaco Filip Misolic, vindo do qualificatório, por 2 sets a 0, com o placar final de 6/4 e 6/3. Será a sétima vez que os dois franceses medirão forças e Monfils tem vantagem no retrospecto, com quatro vitórias e duas derrotas.

“Filip é um jogador sólido em ambos os lados, já Marton (Fucsovics) é muito agressivo, então hoje foi sobre mim controlar os pontos e misturar as velocidades” analisou o francês, comparando a vitória da estreia com a desta quinta. “Acho que me saí bem. Eu estava no controle, então estou muito feliz por vencer esta partida em dois sets”, complementou.

Ainda nesta quinta-feira, o sueco Elias Ymer avançou às quartas de final depois de vencer o jovem croata de 18 anos Dino Prizmic por 6/3, 3/6 e 6/2. Ymer, de 27 anos e 168º do ranking, é o próximo rival do sérvio Miomir Kecmanovic, 53º do mundo e algoz do principal cabeça de chave Holger Rune na estreia.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE