PLACAR

Monfils decide na Suécia e fica perto do top 100

Foto: Alexander Scheuber/BNP Paribas Nordic Open

Estocolmo (Suécia) – Mais experiente entre os quatro semifinalistas do ATP 250 de Estocolmo, o francês Gael Monfils mostrou toda sua categoria para derrotar o sérvio Laslo Djere em sets diretos, marcando parciais de 7/5 e 6/2 depois de 1h15 de confronto. O veterano de 37 anos vai disputar sua 34ª final, a primeira desde o título de Adelaide 1, em janeiro do ano passado.

“É ótimo, me sinto maravilhoso. Obviamente já faz muito tempo para mim, porque não joguei tanto”, disse Monfils ao retornar a uma final do ATP em um evento onde levantou o troféu em 2011. “Muitas boas lembranças aqui, é obviamente ótimo estar de volta a um lugar onde você venceu”, completou o francês, que vai em busca da 12ª conquista na carreira.

Seu oponente na final de domingo será o russo Pavel Kotov, que saiu do quali e venceu mais quatro partidas na chave principal, a última delas contra o sévio Miomir Kecmanovic, marcando o placar final de 6/3 e 6/4 para alcançar uma final de ATP pela primeira vez na carreira.

“Estou extremamente feliz e super cansado. Meu sonho era jogar uma final e agora estamos em 2023 e é a minha primeira. É um ótimo final de temporada para mim”, comemorou o russo de 24 anos, que atualmente é o 109º do ranking e com a campanha desta semana voltará ao top 100, subindo provisoriamente para a 81ª colocação, a melhor da carreira.

Do outro lado, Monfils está cada vez mais perto de retornar ao top 100. Atual 140 do mundo, o francês está subindo para o 106º lugar com a final em Estocolmo e pode garantir um lugar entre os 100 melhores do mundo se for campeão, atingindo a 90ª colocação em caso de título. Ele e Kotov se enfrentarão pela primeira vez no circuito profissional.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE