PLACAR

Mexicano é banido com 2º maior número de acusações

Alberto Rojas Maldonado (Foto: Divulgação)

Londres (Inglaterra) – Depois de suspender sete tenistas belgas por violações do Programa Anticorrupção do Tênis, resultado de um processo criminal recentemente concluído envolvendo um sindicato de viciação de resultados na Bélgica, a Agência Internacional para a Integridade do Tênis (ITIA) anunciou, na última quinta-feira, punições para mais cinco tenistas, dois deles banidos do esporte.

As sanções foram impostas pelo juiz independente de audiência anticorrupção, o professor Richard McLaren, depois que todos os cinco jogadores não conseguiram contestar as acusações da ITIA contra eles

Descobriu-se que o mexicano Alberto Rojas Maldonado, que chegou a ser o 992º do mundo em 2015, cometeu 92 violações, segundo maior número para um só indivíduo, e desempenhou um papel fundamental na corrupção de outros jogadores. Como resultado, o jogador foi banido do esporte e condenado a pagar a multa máxima de US$ 250 mil.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

O guatemalteco Christopher Díaz Figueroa, que alcançou 326ª posição em 2011 e anteriormente cumpriu suspensão por manipulação de resultados, agora foi banido do esporte para sempre e multado em US$ 75 mil por 13 novas violações, incluindo manipulação de resultados e facilitação de apostas.

O mexicano José Antonio Rodríguez Rodríguez cometeu oito violações, incluindo manipulação de resultados e facilitação de apostas. Ele agiu em conjunto com Maldonado para obter “ganhos financeiros significativos”. O jogador foi suspenso por 12 anos (terminará em 29 de setembro de 2035) e condenado a pagar multa de US$ 25.001.

Completam a lista mais dois mexicanos. Antonio Ruiz Rosales foi suspenso por 10 anos e multado em US$ 30 mil por sete violações, podendo voltar só depois de 29 de setembro de 2033, e Orlando Alcántara Rangel foi suspenso por dois anos e multado em US$ 10 mil por duas violações, punido até 29 de setembro de 2025.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE