PLACAR

Meligeni também sobe bem e lidera demais brasileiros

Foto: Dustin Satloff/USTA

Londres (Inglaterra) – Além do paranaense Thiago Wild, que estreou no top 100 nesta segunda-feira, o novo ranking da ATP foi bastante positivo para os brasileiros, com destaque para o campineiro Felipe Meligeni, que também teve uma boa disparada, ganhou 26 lugares e se aproximou bastante de sua melhor marca, chegando ao 142º lugar.

Terceiro melhor do país, Felipe já foi o 129º colocado na ATP em junho deste ano. Ele está atrás apenas de Wild e do cearense Thiago Monteiro, que com as semifinais no challenger de Gênova conseguiu recuperar duas posições e agora é o 116º do mundo, mas ainda um pouco distante da volta ao top 100.

Monteiro inclusive terá que somar bem nas próximas semanas, já que defendia o título em Gênova, mas a pontuação só será descontada no final do mês, quando perderá 125 pontos e deverá descer um pouco mais.

Outro que ganhou terreno nesta semana foi o paulista Gustavo Heide, melhorando duas posições para ficar bem perto do top 300. Ele agora é o número 4 do país e o 301 do mundo, colocação mais destacada da carreira até então.

Entre as demais subidas no ranking, chamam a atenção as de Nicolas Zanellato e de Gilbert Klier. O paulista subiu 46 lugares e agora é o 484º do mundo, batendo seu melhor ranking. Já o brasiliense conseguiu uma grande recuperação de 101 lugares para chegar ao 624º posto, mas ainda bem distante do 354º que é o mais alto já alcançado.

Veja o top 10 dos brasileiros no ranking da ATP:

Thiago Wild – 76º (+30)
Thiago Monteiro – 118º (+2)
Felipe Meligeni – 142º (+26)
Gustavo Heide – 301º (+2)
João Lucas Reis – 309º (-1)
Matheus Pucinelli – 310º (-6)
Eduardo Ribeiro – 346º (+5)
Daniel Silva – 404º (+5)
Mateus Alves – 455º (+4)
Orlando Luz – 461º (-7)

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE