PLACAR

Medvedev e Tsitsipas vencem jogos duros nas oitavas

Foto: Christian Hofer/e-motion

Viena (Áustria) – Depois de ter passado com tranquilidade pela rodada de estreia do ATP 500 de Viena, Daniil Medvedev conseguiu uma difícil virada nesta quinta-feira, mas garantiu vaga nas quartas de final do torneio em quadras duras e cobertas da capital austríaca. Principal cabeça de chave e número 3 do mundo, o russo precisou de 2h06 para vencer o búlgaro Grigor Dimitrov por 3/6, 6/2 e 6/4.

Medvedev chega à sua 62ª vitória na temporada e também segue invicto nos jogos disputados em quadras cobertas, agora com sete vitórias em 2023. Ele também amplia a vantagem contra Dimitrov, 17º do ranking, para 6 a 2 no retrospecto. O búlgaro de 32 anos vinha de duas boas semanas na China, chegando às quartas em Pequim e à semi em Xangai.

“Foi uma grande partida. Ele começou muito bem, enquanto eu estava errando um pouco mais. A partir do segundo set, comecei a jogar melhor, a correr melhor, a colocar mais bolas na quadra e a jogar mais rápido quando precisava. Consegui ter um pequeno controle da partida, mas foi muito difícil. O jogo poderia ter ido para qualquer lado. Estou muito feliz por ter conseguido”, avaliou o russo.

Dimitrov conseguiu três quebras no primeiro set. Medvedev dominou a segunda parcial, ao não sofrer quebras e ceder apenas quatro pontos em seus games de serviço. Já no set decisivo, a partida teve só uma quebra. Com bom desempenho no saque, o russo disparou 14 aces e liderou a contagem de winners por 31 a 21.

Na próxima fase, Medvedev terá um duelo russo contra Karen Khachanov, 16º do ranking. O ex-número 1 do mundo lidera o histórico de confrontos por 4 a 1 contra seu compatriota. Os dois jogadores têm a mesma idade, 27 anos. Khachanov já estava garantido nas quartas desde a vitória por 6/3 e 6/1 sobre o tcheco Jiri Lehecka no dia anterior.

Tsitsipas enfrenta o croata Borna Gojo na próxima fase
Do mesmo lado da chave, Stefanos Tsitsipas também venceu um jogo duro. Algoz de Dominic Thiem na rodada de estreia, o grego superou nesta quinta-feira o tcheco Tomas Machac por 6/3, 4/6 e 7/5 em 1h58 de partida. O atual número 7 do mundo é o quarto cabeça de chave em Viena e enfrenta nas quartas o croata Borna Gojo, que bateu o norte-americano Tommy Paul por 6/3 e 6/4.

“Não tive escolha a não ser lutar. Tive uma sequência ruim de pontos consecutivos perdidos. Ele estava chegando em todas as bolas e senti que seus movimentos estavam atrapalhando minha criatividade”, avaliou o grego, que tem como foco a classificação para o ATP Finals.

“Meus olhos estão voltados para o Finals. Já joguei lá algumas vezes, é um grande torneio e estou dando meus últimos suspiros em quadra para conquistar uma vaga em Turim. Sinto que com esse tipo de intensidade e comprometimento que coloco no jogo, não há razão para não acreditar que posso qualificar”.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE