PLACAR

Medvedev e Sinner se enfrentam na 4ª final do ano

Foto: Martin Steiger/Erste Bank Open

Viena (Áustria) – Pela quarta vez na temporada, o circuito terá uma final entre Daniil Medvedev e Jannik Sinner. Principais cabeças de chave do ATP 500 de Viena, o russo e o italiano venceram duas semifinais equilibradas neste sábado, pelo torneio em quadras duras e cobertas na capital austríaca. Medvedev lidera o histórico por 6 a 1 e venceu as finais de Roterdã e Miami este ano, mas Sinner levou a melhor no duelo mais recente em Pequim. O reencontro será às 9h (de Brasília) neste domingo.

Medvedev venceu o grego Stefanos Tsitsipas na semifinal deste sábado, com parciais de 6/4 e 7/6 (8-6). Foi a nona vitória do russo em 13 jogos contra o rival e a segunda na temporada, repetindo o resultado da semifinal de Roma na temporada de saibro. Por outro lado, Tsitsipas segue numa escrita muito negativa na temporada, já que perdeu todos os seis jogos que fez contra top 10 em 2023.

Ex-número 1 do mundo e atual terceiro colocado aos 27 anos, Medvedev tem 20 títulos de ATP e disputará sua 36ª final da carreira. O russo já conquistou cinco troféus na temporada. Além das vitórias sobre Sinner em Roterdã e Miami, ele também venceu os torneios de Roma, Doha e Dubai. Vencedor da edição passada em Viena, Medvedev também busca um inédito bicampeonato no circuito.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

“Saquei muito bem durante todo o jogo”, disse Medvedev, que disparou cinco aces na partida e escapou de todos os três break-points que enfrentou, todos ainda no início do jogo. “No geral, estou feliz com a forma como saquei e por tê-lo pressionado em muitos pontos. Tive muitas oportunidades e ele também jogou bem. Mas essa pressão valeu a pena no final da partida”.

A semifinal entre Medvedev e Tsitsipas teve apenas uma quebra, conquistada pelo russo no fim do primeiro set. Já a segunda parcial foi inteiramente sem quebras, sendo que o grego escapou de três break-points em dois games distintos. O russo foi muito firme no saque durante o tiebreak e definiu a disputa no segundo match-point.

Na segunda semifinal, Sinner fez valer o melhor momento de sua carreira. Atual número 4 do mundo aos 22 anos, o italiano venceu o russo Andrey Rublev por 7/5 e 7/6 (8-6). Foi a quarta vitória de Sinner em seis jogos contra Rublev no circuito. Vencedor de nove torneios da ATP, três deles este ano em Pequim, Toronto e Montpellier, ele disputará sua 13ª final da carreira.

Sinner fez 10 aces na partida deste sábado, mas precisou mostrar poder de reação. Ele chegou a estar perdendo o primeiro set por 5/2, mas terminou a parcial vencendo cinco games seguidos. O segundo set teve uma quebra para cada lado. E embora o italiano não tenha aproveitado a chance de sacar para o jogo, ele foi superior no tiebreak para chegar à vitória.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE