PLACAR

Medvedev bate Dimitrov pela 7ª vez e ainda sonha com título inédito

Foto: Peter Staples/ATP Tour

Indian Wells (EUA) – A busca de Daniil Medvedev por um título inédito no Masters 1000 de Indian Wells ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira, com uma vitória por duplo 6/4 sobre Grigor Dimitrov em apenas 1h16 de partida. Ex-número 1 do mundo e atual 4º colocado, o russo venceu o búlgaro, 13º colocado, pela sétima vez em dez jogos entre eles.

Medvedev enfrenta nas quartas o vencedor da partida entre o norte-americano Taylor Fritz, 12º do ranking e campeão em 2022, e o dinamarquês Holger Rune, 7º colocado. O russo levou a melhor no único duelo anterior contra Fritz, no Masters 1000 de Cincinnati de 2022. Já seu histórico de confrontos contra Rune está empatado por 1 a 1, com dois confrontos no saibro no ano passado.

Especialista em quadras duras, Medvedev vinha se queixando muito da velocidade do piso no ano passado. Já na partida desta quarta-feira, ele ainda precisou lidar com o vento. “Não é fácil para ninguém jogar aqui, especialmente este ano. Acho que eles mudaram a bola. É ainda mais difícil de controlar a controlar, mas o jogo não fica mais rápido. Além disso, estava ventando. Mas fiz o meu melhor e fico feliz por ter vencido um grande adversário, como o Grigor”.

“De um lado, em todo game eu tinha break-points. E no outro, eu não conseguia jogar. Chegava no máximo a 40-30. Então, eu concentrei em manter o meu saque e em ganhar dois games do lado em que estava jogando melhor”, complementou o experiente jogador de 28 anos e dono de seis títulos de Masters 1000.

O primeiro set teve apenas uma quebra, conquistada por Medvedev ainda no início da partida. O russo não enfrentou break-points e cedeu apenas quatro pontos em seus games de serviço. Ele abriu 4/2 no placar e sustentou a vantagem até o fim. Dimitrov chegou a salvar três set-points quando perdia por 5/3, mas não evitou a perda da parcial no game seguinte.

Ainda muito consistente nos ralis de fundo e com pressão sobre os games de saque de seu adversário, Medvedev abriu vantagem no início do segundo set. E mesmo permitindo o empate por 2/2, voltou a quebrar quando estava na posição numa mais confortável na quadra em relação ao vento e se manteve à frente. Dimitrov até fez mais winners, 12 a 8, mas cometeu 29 erros contra apenas 13.

 

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
CARLOS DA SILVA SEIXAS LIMA
CARLOS DA SILVA SEIXAS LIMA
1 mês atrás

Dimitrov muito fraco. A esquerda dele não serve pra nada. Totalmente perdido

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE