PLACAR

Matos e Cabral avançam sem jogar e estão na final

Foto: Chengdu Open

Chengdu (China) – Cabeças de chave número 2 no ATP 250 de Chengdu, o gaúcho Rafael Matos e o português Francisco Cabral sequer precisaram entrar em quadra nesta segunda-feira para garantir um lugar na final. Eles contaram com a desistência do francês Arthur Rinderknech e do português Nuno Borges.

Responsáveis pela eliminação da quarta dupla mais bem cotada ao título o britânico Julian Cash e o norte-americano Robert Galloway, Rinderknech e Borges desistiram antes de entrar para a semifinal. O francês teve um problema no punho esquerdo e os dois acabaram abandonando o torneio.

Na final, Matos e Cabral terão pela frente os franceses Sadio Doumbia e Fabien Reboul, que fizeram valer a condição de principais favoritos na competição. Na semifinal, eles derrotaram a parceria do norte-americano Marcos Giron com o neozelandês Rubin Statham marcando duplo 6/4 depois de 1h19 de confronto.

A parceria luso-brasileira vai disputar sua segunda final e busca o primeiro título. Juntos, Matos e Cabral foram vice-campeões no ATP 250 de. Eles também foram semifinalistas no ATP 250 de Kitzbuhel e no challenger de Bordeaux. Atual 44 do mundo, o gaúcho de 27 anos tem seis títulos na carreira e vai para sua 11ª decisão nas duplas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE