PLACAR

Lima voltará a receber os Jogos Pan-Americanos em 2027

Foto: Abelardo Mendes Júnior/rededoesporte.gov.br

Lima (Peru) – Oito anos depois de ter recebido os Jogos Pan-Americanos de 2019, a cidade de Lima, voltará a receber o evento em 2027. A capital peruana disputava com Assunção o direito de receber os Jogos. Foram apenas dois meses de candidatura para as duas cidades até o anúncio oficial na última terça-feira.

Representantes das cidades postulantes fizeram uma apresentação de 40 minutos, liderada pelos Presidentes dos Comitês Olímpicos do Peru e do Paraguai, Renzo Manyari e Camilo Perez, respectivamente, e foram submetidos a perguntas dos países membros participantes.

“Parabéns a Lima e ao presidente do Comitê Olímpico Peruano, Renzo Manyari, por esta tremenda conquista. Há alguns anos, eles encantaram o continente inteiro e hoje, com mais experiência e uma infraestrutura espetacular, querem repetir ou melhorar o sucesso alcançado em 2019”, afirmou o presidente da Panam Sports, Neven Ilic. “Quero destacar a transparência do processo e a irmandade das duas nações que competiram de forma saudável pelo direito de sediar os Jogos Pan-Americanos de 2027”.

Por sua vez, o presidente do Comitê Olímpico Peruano, Renzo Manyari destacou: “Trabalharemos para que a experiência de todos seja a melhor que já tiveram. Podem contar com a devoção absoluta de mais de 33 milhões de peruanos. Obrigado por confiar em nosso projeto”.

Durante o Pan de Lima em 2019, o mineiro João Menezes conquistou a medalha de ouro no tênis masculino e se classificou para os Jogos Olímpicos de Tóquio. O próximo Pan estava inicialmente marcado para Barranquilla, na Colômbia, que rompeu contrato em janeiro por razões financeiras.

A última edição foi realizada no ano passado, em Santiago. Na capital chilena, Laura Pigossi foi ouro em simples e duplas (ao lado de Luísa Stefani). O Brasil ainda teve um ouro com Marcelo Demoliner e Gustavo Heide nas duplas, uma prata com Stefani e Demoliner nas duplas mistas e um bronze de Thiago Monteiro em Simples. A capital chilena também recebeu o Parapan com cinco medalhas para o tênis brasileiro.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Bukele
Bukele
4 meses atrás

Tudo bem que o Peru tem mais condições, até porque já tem a estrutura do Pan de 2019, mas o Paraguai é um dos poucos países que ainda não sediou o Pan nas Américas e que tem capacidade financeira de sediar o evento. Pro esporte do Paraguai seria bom, receberia um empurrão de desenvolvimento que nunca teve. Tirando o futebol, o Paraguai tem pouquíssimos atletas olímpicos relevantes ao longo de sua história. Bom, a economia do Paraguai vem evoluindo e espero que num futuro próximo consigam sediar esse evento.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE