PLACAR

Korda e Thompson conquistam o título de duplas em Madri

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) – No primeiro torneio em que a ATP testou as novas regras nas duplas, os campeões foram Sebastian Korda e Jordan Thompson. Formando uma parceira inédita no circuito, o norte-americano e o australiano superaram na decisão deste sábado o dueto do uruguaio Ariel Behar com o tcheco Adam Pavlasek, marcando as parciais de 6/3 e 7/6 (9-7) em 1h17 de partida.

Este foi o primeiro título de Korda nas duplas e o segundo no total da carreira, já que nas simples ele havia vencido o ATP 250 de Parma, também no saibro, em 2021. Atual 185º colocado no ranking da especialidade, nove abaixo de sua melhor marca, ele dará um grande salto direto para o top 60, assumindo a 57ª posição. De quebra, ele dividirá com Thompson uma premiação de 391,68 mil euros.

Por sua vez, o australiano de 30 anos levanta o seu sexto e mais importante troféu de duplas na carreira. Somente em 2024, ele já havia vencido três torneios, em Dallas, Los Cabos e Houston, todos ao lado do compatriota Max Purcell, com quem também triunfou em Houston no ano passado. Já em 2017, triunfou em Brisbane com o também local Thanasi Kokkinakis. Hoje na 58ª colocação, uma abaixo do seu recorde pessoal, ele estreará no top 40 na próxima segunda-feira, ocupando mais precisamente o 36º posto, logo à frente do mineiro Marcelo Melo.

Vice-campeões terão melhor ranking da carreira

Do outro lado, Ariel Behar e Adam Pavlasek não saem de mãos abanando de Madri. Além de dividirem um prêmio de US$ 207,3 mil, eles somarão 600 pontos cada, fundamentais para que alcancem os seus melhores rankings da carreira. Atualmente na 39ª colocação, o uruguaio subirá para o 34º posto e baterá a antiga melhor marca, que foi o número 37 em abril. Já o tcheco, que aparece hoje no 40º lugar, será o novo 35 do mundo, dois postos acima do recorde obtido também no mês passado.

Campanha irretocável em “torneio teste” da ATP

Soltos na chave, Sebastian Korda e Jordan Thompson superaram quatro parcerias favoritas durante a campanha, cedendo um único set e todo o torneio. Logo na estreia, eles bateram os principais inscritos, o indiano Rohan Bopanna e o australiano Matthew Ebden, em sets diretos. Na sequência, as vítimas foram o argentino Andres Molteni e o também australiano John Peers. Nas quartas, ficaram pelo caminho os italianos Simone Bolelli e Andre Vavassori, enquanto na semi foi preciso ir ao match-tiebreak contra o britânico Jamie Murray e o neozelandês Michael Venus.

O título do norte-americano e do australiano também ficará marcado por ser o primeiro evento no novo formato que a ATP colocou em teste na chave de duplas. Entre as mudanças impostas pela entidade estão o encurtamento do tempo, de 25 para 15 segundos, para colocar a bola em jogo quando o ponto anterior tiver tido menos de trocas de bolas, além do fim da pausa de 90 segundos a cada dois games, mantendo um intervalo maior de descanso ao fim do primeiro set.

Mas um dos pontos mais polêmicos da transformação da ATP foi a tentativa de atrair mais jogadores de simples no torneio de duplas, reservando metade das vagas para parcerias formadas por simplistas. Em Madri, a adesão foi razoavelmente boa, com cinco top 15 do ranking individual inscritos na chave de duplas.

Coincidentemente ou não, o título acabou ficando com um jogador (Sebastian Korda) que claramente prioriza o circuito de simples e outro (Jordan Thompson) que, embora tenha mais conquistas nas duplas, possui hoje um ranking melhor como simplista.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
rafael luis
rafael luis
21 dias atrás

200.000 dolares pra cada um é um baita premio pra jogadores de simples. Pra ganhar esse valor na simples, precisariam atingir as 4as de final.(172.000 dolares), ou seja teriam que estar entre os 8 melhores do torneio. Tarifa muito dificil pra quem nao é top 10. Se eu fosse jogador de simples, com certeza me inscreveria nas duplas.

João Sawao ando
João Sawao ando
20 dias atrás
Responder para  rafael luis

Com certeza Rafael ainda mais se você tem entre20/30 anos e é jovem da para jogar simples e duplas .bigmaç fazia isso com seu eterno parceiro que eu esqueci o nome

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE