PLACAR

Kohlmann cai em simples e Olívia Carneiro avança nas duplas

Enzo Kohlmann (Foto: João Pires/Fotojump)

Melbourne (Austrália) – Dois brasileiros estiveram em ação nesta segunda-feira pela chave juvenil do Australian Open. Único a superar a estreia em simples, o paulista Enzo Kohlmann não conseguiu repetir o feito na segunda rodada diante do polonês Tomasz Berkieta e foi eliminado pelo cabeça de chave 3 com parciais de 7/6 (7-1), 3/6 e 6/2, em 1h51 de batalha.

A primeira parcial teve duas quebras para cada lado e Kohlmann chegou a salvar três set-points quando perdia por 6/5. Já o polonês, que disparou seis aces na partida, chegou a disparar um saque a 233 km/h. O brasileiro fez um segundo set impecável no saque, com sete de seus oito aces na partida, e só perdeu dois pontos no saque. Mas Berkieta dominou o set decisivo, com duas novas quebras para chegar à vitória.

Já pela chave de duplas, a também paulista Olívia Carneiro teve mais sorte e conseguiu superar a estreia. Jogando ao lado da dinamarquesa Laura Brunkel, ela levou a melhor sobre a dupla de convidadas da casa Tahila Kokkinis e Koharu Nishikawa, triunfando com o placar final de 6/4 3/6 10-6, depois de 1h20 de confronto.

Na segunda rodada, a brasileira e a dinamarquesa medirão forças com a tcheca Julie Pastikova e a alemã Julia Stusek, que eliminaram na estreia as cabeças de chave 4, a espanhola Charo Esquiva e a sul-coreana Gaeul Jang com parciais de 6/4, 3/6 e 10-2. Eliminada na estreia em simples, Carneiro é a única brasileira ainda viva nas chaves juvenis em Melbourne.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
1 mês atrás

Kohlmann jogou bem. Levou ao 3° set o número 7 do mundo no juvenil. Infelizmente jogou mal os últimos games, onde o polonês parecia morto e doido pra perder o jogo. Não deu. Faltou um pouco de experiência nestes torneios maiores, onde o polonês está mais acostumado. Vamos acompanhar o ano dele e torcer pra progredir.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Apesar da derrota, mostrou mto potencial nesse jogo o Kohlmann, sobretudo mentalmente(buscando por 2x um 0-40, no seu serviço e no do adversário e, em momentos capitais da partida), a segunda quebra no 3° set só veio após perder um BP no 7° game, fez um jogo bem parelho com um dos grandes favoritos até o fim.. nada mal para quem até pouco tempo atrás era visto como “terceira força” entre nossos três representantes juvenis BR nesse ano ..

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE