PLACAR

Kenin e Mattek entram de última hora e vão à final de duplas

Bethanie Mattek-Sands e Sofia Kenin (Foto: Jimmie48/WTA)

Miami (EUA) – Depois de entrarem de última hora na chave de duplas do WTA 1000 de Miami, precisando de três desistêncas, as norte-americanas Sofia Kenin e Bethanie Mattek-Sands garantiram vaga na final da competição. Elas venceram no fim de noite de sexta-feira as italianas Sara Errani e Jasmine Paolini por 6/7 (2-7), 6/4 e 10-1 em 1h54 de partida.

A caminhada de Kenin e Mattek-Sands já começou com uma vitória de virada contra a letã Lyudmyla Kichenok e a letã Jelena Ostapenko. Na sequência, bateram a georgiana Oksana Kalashnikova e a romena Monica Niculescu. Elas também foram as algozes das principais cabeças de chave, a belga Elise Mertens e a taiwanesa Su-Wei Hsieh, nas quartas de final.

Ex-número 1 de duplas, Mattek-Sands está com 39 anos e ocupa o 40º lugar do ranking. Ela já conquistou 29 títulos no circuito da WTA na modalidade e foi campeã de Miami em 2016, ao lado da tcheca Lucie Safarova. Já Kenin, de 25 anos, tem maior sucesso em simples, já que foi campeã do Australian Open e vice de Roland Garros em 2020. Nas duplas, possui três títulos de WTA, dois deles com Mattek-Sands, o WTA 1000 de Pequim em 2019 e o 500 de Abu Dhabi já neste ano.

As adversárias na final do próximo domingo serão a canadense Gabriela Dabrowski e a neozelandesa Erin Routliffe, cabeças de chave 2, que venceram as norte-americanas Asia Muhammad (USA) / Alycia Parks por 6/7 (4-7), 6/4 e 10-4. Dabrowski, de 31 anos e número 4 do ranking de duplas, tem 15 títulos no circuito. Já Routliffe, de 28 anos e quinta colocada, acumula cinco conquistas.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

A chave de duplas em Miami teve três desistências: Marie Bouzkova e Sara Sorribes saíram do torneio por lesão nas costas da espanhola. As norte-americanas Madison Keys e Peyton Stearns se retiraram depois que Stearns alegou lesão no ombro. Já a Katerina Siniakova e Storm Hunter, cabeças 3, saíram por lesão no quadril da tcheca. Entre as duplas que entraram de última hora está a da brasileira Ingrid Martins com a russa Anna Blinkova, que chegaram à segunda rodada.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Osvaldo
Osvaldo
20 dias atrás

mais uma prova de que duplas não passa de uma loteria…

Samuel Damasceno
20 dias atrás

A entrada de Kenin e Mattek de última hora na final de duplas é uma surpresa e uma demonstração de sua habilidade e versatilidade como tenistas. Sua rápida adaptação e desempenho excepcional mostram o quanto são talentosas e capazes de se destacar mesmo em situações desafiadoras. Estamos ansiosos para ver sua performance na final e torcendo pelo seu sucesso.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE