PLACAR

ITF elogia Sand Series-Valinhos e evento pode crescer

Valinhos - final masculina ( @giuliano.foto e @workaholicris / Super Tour)

Valinhos (SP) – Após cinco dias de evento, o Super Tour – Sand Series Valinhos, o último Grand Slam do ano no circuito mundial de beach tennis, realizado no CT Lucas Sousa Nova Quadra, teve avaliação positiva de autoridades internacionais e nacionais.

O evento principal teve como campeões o atleta da casa, Antomi Ramos, da Espanha, radicado em Campinas (SP) há quase dois anos, e o russo Nikita Burmakin. No feminino, as brasileiras Vitória Marchezini e Sophia Chow levantaram o título com Sophia faturando título inédito em sua carreira. As duplas tiveram salto no ranking divulgado nesta segunda-feira. Nikita subiu ao terceiro lugar e Ramos foi ao quinto. Chow se manteve como a sexta colocada, mas muito próxima do inédito top 5. Marchezini ganhou posição e voltou ao  sétimo lugar.

Ben Philipp, gerente de beach tennis da Federação Internacional de Tênis, a ITF, marcou presença na competição e destacou: “Muito satisfeito por estar aqui, a maior academia do mundo, a chance de trazer a torcida e o mundo para essa arena e ver o quão bom e fantástico que ela é. A organização fez um ótimo”, destacou.

O Brasil está no centro mundial do esporte com a realização de três dos sete eventos da série Sand Series na temporada, algo destacado pela entidade que rege o esporte. “É correto dizer que o Brasil é o local do beach tennis no momento. A ITF está comprometida em fazer do beach tennis um esporte global e nós controlamos onde esses Sand Series ficam alocados e que o esporte fique ativo ao redor do mundo e não somente no Brasil. Mas claro que aqui é que lidera o esporte no mundo, mostrando a outras nações que possam vir.”

Jefferson Pinto, coordenador da modalidade na Confederação Brasileira de Tênis, destacou o salto de qualidade da competição, que foi da categoria BT 400 ano passado e subiu de patamar em 2023. “Gostei muito desse Sand Series em Valinhos. A estrutura desta temporada foi bem maior e melhor, não deixando a desejar nenhum torneio fora e aos demais aqui no Brasil. Fechou com chave de ouro a temporada de Sand Series deste ano.”

Lucas Sousa, diretor da competição, destacou o feedback positivo. “Demos um salto para um Sand Series que tem uma limitação de torneios por ano. Ficamos muito felizes por conseguirmos realizá-lo, acredito eu, que com maestria. Tenho recebido muitos feedbacks positivos de atletas, da galera, plateia que me encontra. Para a nossa alegria, o torneio foi coroado com nosso atleta da casa como campeão, finalizamos com chave de ouro.”

Cerca de cinco mil pessoas passaram pelo maior complexo do mundo, com 40 quadras, para acompanhar os melhores em ação. A ideia é ampliar esse número para a próxima temporada com uma quadra central ainda maior.

O domingo marcou o último dia, com o término das competições amadoras e do BT 10 profissional masculino e feminino. Entre as meninas, Julia Nogueira, 12ª do mundo e atleta de Vinhedo (SP), foi a campeã ao lado de Stefanie Rondon, superando na final Camila Gouvea e Maria Caruccio por 6/3 e 7/6 (7/5). No masculino, Giovane Bueres e o campineiro Vitor Mattos foram os campeões, derrotando na final Matheus Chiavinato e Filipe Blaauw por 7/6 (8/6) e 6/4.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE