PLACAR

Indian Wells pode ter sexto campeão inédito seguido

Foto: Julian Finney/Getty Images (ATP Tour)

Indian Wells (EUA) – Após um extenso domínio de Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic, que dividiram entre si 13 dos 14 títulos possíveis entre 2004 e 2017, o Masters 1000 de Indian Wells viu nas suas últimas edições cinco campeões inéditos no torneio. Com isso, a temporada de 2024 poderá entrar na história do evento se houver um novo vencedor, já que nunca seis jogadores diferentes triunfaram pela primeira vez no deserto californiano de maneira consecutiva.

Desde a inauguração do torneio, em 1974, em três ocasiões diferentes houve uma sequência de cinco campeões inéditos em Indian Wells. A primeira delas foi justamente nas primeiras cinco edições, com John Newcombe (1974), Ilie Nastase (1975), Jimmy Connors (1976), Brian Gottfried (1977) e Roscoe Tanner (1978).

Já entre o fim da década de 90 e o início dos anos 2000, triunfaram pela primeira vez na Califórnia Marcelo Ríos (1998), Mark Philippoussis (1999), Alex Corretja (2000), Andre Agassi (2001) e Lleyton Hewitt (2002).

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

A partir de 2004 começou a hegemonia do Big 3, com cinco títulos de Federer (2004, 2005, 2006, 2012 e 2017), três de Nadal (2007, 2009 e 2013) e mais cinco de Djokovic (2008, 2011, 2014, 2015 e 2016). O único a interromper essa série foi o croata Ivan Ljubicic, que venceu em 2010 uma final contra Andy Roddick.

Desde o pentacampeonato de Federer em 2017, nunca mais houve um campeão repetido em Indian Wells, abrindo espaço para uma nova sequência de cinco vencedores inéditos: Juan Martín del Potro (2018), Dominic Thiem (2019), Cameron Norrie (2021), Taylor Fritz (2022) e Carlos Alcaraz (2023). Vale lembrar que em 2020 o torneio não foi realizado devido à pandemia de Covid-19.

Sendo assim, se um sexto tenista vier a triunfar pela primeira vez no torneio, em 2024, Indian Wells terá um novo recorde estabelecido em sua história. Entre os principais candidatos a esse feito estão o italiano Jannik Sinner, os russos Daniil Medvedev e Andrey Rublev, o alemão Alexander Zverev, entre outros.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE