PLACAR

Humbert acaba com festa de Fognini e faz final

Ugo Humbert (Foto: Moselle Open)

Metz (França) – Jogando em casa, o francês Ugo Humbert fez valer a condição de cabeça de chave número 4 e acabou com a festa do italiano Fabio Fognini no ATP 250 de Metz. Com uma atuação dominante, ele cedeu apenas dois games ao experiente italiano e se garantiu na decisão ao marcar parciais de 6/0 e 6/2 em apenas 67 minutos de partida.

Com três títulos já na carreira, o canhoto francês de 25 anos busca sua primeira conquista da temporada e vai fechar 2023 com o melhor ranking da carreira. Atual 23 do mundo, sua maior marca até então, ele está subindo provisoriamente para o 21º lugar, mas pode ainda ser ultrapassado pelo compatriota Adrian Mannarino se este for campeão em Sófia e ele vice em Metz.

Porém, Humbert também tem a chance de estrear no top 20 se for campeão. Para isso ele terá que superar na final o russo Alexander Shevchenko, que na outra semifinal tirou o convidado da casa Pierre-Hugues Herbert com uma vitória em sets diretos, gastando 1h17 para marcar duplo 6/4 sobre o rival francês.

“Essa vitória significa muito para mim”, comemorou o russo de 22 anos, que vai disputar sua primeira decisão de ATP. “Sonhei com isso desde quando era criança, ia dormir sonhando em poder disputar uma final de ATP. E agora eu consegui. Sempre vou me lembrar disso e deste momento tão especial”, acrescentou Shevchenko.

Atual 63 do mundo, também ocupando sua melhor colocação da carreira, Shevchenko dará um salto no ranking com a grande campanha desta semana e entrará no top 50 pela primeira vez na carreira. O russo está alcançando no momento o 49º lugar e pode chegar até a 44ª posição se for campeão.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE