PLACAR

Heide retorna com vitória em challenger na Áustria

Gustavo Heide (Foto: Danube Upper Austria Open)

Mauthausen (Áustria) – Em sua primeira partida desde o título de Assunção, em março, o paulista Gustavo Heide estreou com vitória no challenger de Mauthausen, no saibro austríaco. Único brasileiro na chave principal, ele superou nesta terça-feira o francês Arthur Gea, que veio do quali, com o placar de 6/3, 1/6 e 6/3 em 2h09 de confronto.

Esta foi a nona vitória de Heide nos últimos dez jogos disputados. Além da conquista em solo paraguaio, ele também fez semifinal no challenger de Santiago na semana anterior. Ao todo, ele soma agora dez triunfos em 13 partidas desta categoria em 2024.

O jogador de 22 anos, que também defendeu o Brasil na Copa Davis em fevereiro e disputará o quali de Roland Garros no fim de maio, ficou afastado das competições no último mês devido a problemas médicos. Atualmente, ele ocupa a 182ª colocação no ranking, oito abaixo do seu recorde pessoal, obtido em abril. Com mais uma vitória em Mauthausen, ele deve superar essa marca.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Para isso, Heide terá de enfrentar o eslovaco Jozef Kovalik, número 160 do mundo e sexto principal favorito do torneio, que passou da primeira rodada com uma vitória por 6/0 e 7/6 (7-0) diante do lituano Vilius Gaubas, apenas o 285º do ranking. O duelo será inédito no circuito profissional.

Brasileiro começa bem, mas leva susto

Sem grandes dificuldades, Gustavo Heide começou o jogo com amplo domínio nos games de saque e não concedeu uma chance sequer de quebra. Com isso, aproveitou para pressionar o adversário e converteu um dos quatro break-points a seu favor.

Depois de desperdiçar mais duas oportunidades de quebra na abertura na segunda parcial, o brasileiro teve seu primeiro momento de baixa no jogo e o serviço superado duas vezes, no segundo e sexto games. Gea aproveitou muito bem a vantagem e levou a decisão para o set decisivo.

A terceira parcial começou tensa, com uma troca de quebras logo no começo, mas Heide conseguiu a vantagem definitiva depois de muita luta em um game duríssimo, no qual precisou de seis break-points para superar o saque do francês. Na sequência, o brasileiro ainda precisou salvar três breaks no sétimo game antes de fechar o jogo no nono.

8 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
18 dias atrás

Boa vitória do Heide. Era favorito. Oitavas jogo duro. Será azarão contra o Kovalik.

Arajaribu
Arajaribu
18 dias atrás
Responder para  Guilherme Ribeiro

Verdade, o eslovaco é duro na queda!

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
18 dias atrás

Grande Heide , na torcida.. bora se preparando pra RG

João Sawao ando
João Sawao ando
18 dias atrás

Valeu heide. Vamos para próxima

Refaelov
Refaelov
18 dias atrás

Assisti o final do 3° set, continua apresentando as mesmas qualidades e defeitos: um 1° saque q resolve boa parte dos pontos mas ainda com um % de 1° saque em quadra mto oscilante, um forehand poderoso mas, subaproveitado pelo jogo de pernas limitado, frequentemente perdendo potência por n conseguir chegar bem posicionado pra bater..

A boa notícia: as vitórias continuam vindo mesmo com essas oscilações e aspectos a melhorar, fico na torcida pela sequência no torneio e pro Gustavo começar a pensar em manter uma média de ao menos 2 torneios disputados por mês..

Rogério
Rogério
18 dias atrás

Parabéns pro Heide! Vencer depois de tanto tempo sem jogar é o que importa. Conseguiu variar um pouco o jogo e apostou nas falhas do adversário. Sua expressão corporal sempre dá a impressão que está desleixado no jogo, mas acaba se impondo, interessante isto.

Paulo
Paulo
18 dias atrás

Como é bom ver nosso tênis, voltando a crescer, parabéns Heide

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
18 dias atrás

Boa notícia,Heide voltando e com vitória!!!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE