PLACAR

Halep vai comparecer na audiência de apelação em Lausanne

Foto: Corinne Dubreuil / FFT

Lausanne (Suíça) – O Tribunal Arbitral do Esporte analisa a partir desta quarta-feira, em Lausanne, a apelação da ex-número 1 do mundo Simona Halep contra a suspensão de quatro anos por doping, imposta pela Agência Internacional de Integridade do Tênis (ITIA) após duas infrações em setembro de 2022.

A romena, de 32 anos, duas vezes campeã de Grand Slam em simples, disse que lutaria para limpar seu nome das “falsas alegações”. A audiência acontecerá durante três dias. “As partes, testemunhas e peritos comparecerão à audiência pessoal e remotamente, incluindo a Sra. Halep, que estará presente pessoalmente”, informou o tribunal.

Halep testou positivo para a substância roxadustat após o Aberto dos Estados Unidos de 2022. Irregularidades também foram encontradas em seu passaporte biológico em uma violação antidoping separada naquele ano.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Halep não pode jogar até 6 de outubro de 2026, caso a proibição seja mantida. A romena insiste que é inocente e de ter tomado acidentalmente um suplemento contaminado. A Agência Internacional de Integridade do Tênis (ITIA), por sua vez, embora tenha aceitado o argumento de Halep ter tomado um suplemento contaminado, decidiu que isso não teria resultado na concentração de roxadustat encontrada na amostra de urina. O medicamento é para anemia, estimulando a produção de glóbulos vermelhos no corpo. Halep foi campeã de Roland Garros em 2018 e de Wimbledon em 2019.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE