PLACAR

Haas minimiza “fracasso” de Djokovic no Australian Open

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) – Recordista de títulos de Grand Slam e de semanas na liderança, o sérvio Novak Djokovic é indiscutivelmente o principal favorito em praticamente todos os torneios que disputa na atualidade. Apesar de sua derrota nas semifinais do Australian Open, para o alemão Tommy Haas isso não pode ser considerado um fracasso.

Diretor do Masters 1000 de Miami, próximo compromisso de Djokovic no circuito, Haas minimiza as cobranças exageradas sobre o sérvio e ainda aposta que ele tem tudo para fazer bonito na volta ao torneio californiano, onde não compete desde 2019. “Djokovic teve muito sucesso lá, ele vai voltar”, comentou o alemão.

Haas ponderou sobre a exigência exagerada de resultados sobre Djokovic. “Sinto que toda vez que ele não vence um torneio todos nós vemos isso como um fracasso, e de qualquer forma eu odeio usar essa palavra”, comentou o diretor de Indian Wells.

“Mesmo chegando nas semifinais do Australian Open, todos dissemos: ‘ah, ele perdeu nas semifinais, não venceu na Austrália’. Quantas pessoas adorariam chegar a uma semifinal algum dia? É uma coisa louca, não podemos esquecer isso. Obviamente ele sempre será o favorito e sempre se verá como o favorito para ganhar o título”, finalizou.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Almeida
Paulo Almeida
1 mês atrás

O GOAT perdeu na semifinal pro campeão. Grande fracasso mesmo.

vera Barcelos
vera Barcelos
1 mês atrás

Bem coesa a opiniâo de Tommy Haas! Concordo em gênero, número e grau. Chegar a uma semi, é pra poucos.

Última edição 1 mês atrás by vera Barcelos

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE