PLACAR

Giron bate Tiafoe, Shelton reencontra Paul em Dallas

Marcos Giron (Foto: Andrey Udartsev / KTF.kz)

Dallas (EUA) – Três norte-americanos estão nas semifinais do ATP 250 de Dallas, mas com uma boa novidade. Marcos Giron aproveitou o momento irregular de Frances Tiafoe, cabeça 1 da semana, e encerrou uma fase de derrotas precoces. O atual 67º do mundo marcou 6/1 e 6/4 e enfrentará o veterano Adrian Mannarino. A outra vaga na final ficará entre Ben Shelton e Tommy Paul.

Giron marcou a segunda vitória em cinco confrontos diante de Tiafoe, encerrando uma série de três derrotas seguidas. Desde que fez semifinal no 500 de Tóquio, em outubro, Giron amargou cinco derrotas consecutivas em primeira rodada. Na partida desta sexta-feira, abriu rápidos 5/0 diante de um desanimado Tiafoe e obteve nova quebra no terceiro game do segundo set, sustentando a vantagem até concluir a partida sem jamais ter o saque ameaçado. No final da rodada, Mannarino se favoreceu do abandono do australiano James Duckworth quando o cabeça 4 já liderava por 6/2 e 3/1.

Shelton perdeu o primeiro set apesar de não ter cedido um único break-point ao sempre batalhador Jordan Thompson, mas conseguiu a virada sempre com muito trabalho. As parciais foram de 6/7 (2-7), 6/4 e 6/4 e o canhoto de 21 anos precisou salvar três break-points que poderiam ser fatais no segundo set. “Sempre que você consegue reagir após perder o primeiro set, é impressionante. Jordan saca muito bem em quadras fechadas e me encheu de problemas hoje”, reconheceu Shelton.

Na luta por seu primeiro título de ATP desde 2021, Paul superou um set complicado diante do alemão Dominik Koepfer a avançou para a semifinal com o placar de 7/5 e 6/3. O primeiro set viu cinco quebras de serviço e só depois Paul se mostrou mais determinado a atacar o segundo saque vacilante do adversário. Esta é a primeira semi do número 15 do mundo desde Toronto no ano passado. “Não foi um dos meus melhores jogos, ele dificultou as coisas com bolas complicadas lá da base e trocando direções o tempo todo”, avaliou.

Nos duelos diretos, Shelton lidera por 2 a 1, todos jogos disputados sobre quadra sintética e no ano passado. Paul ganhou nas quartas do Australian Open, Shelton se vingou nas oitavas do US Open e depois superou novamente o compatriota na trajetória para seu primeiro título de nível ATP, em Tóquio.

 

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Julius
5 meses atrás

Certeza que o Tiafoe vendeu a partida, simplesmente jogava as bolas pra fora….

SANDRO
SANDRO
5 meses atrás
Responder para  Julius

Discordo totalmente desta teoria da conspiração…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE