PLACAR

Gauff encerra parceria com Riba e mantém Gilbert

Pere Riba fez parte do time de Gauff na campanha para o título do US Open (Foto: Reprodução/Instagram)

Cancún (México) – Atual campeã do US Open e número 3 do mundo, Coco Gauff anunciou o fim da parceria com o técnico espanhol Pere Riba não fará mais parte da equipe. A norte-americana de 19 anos continuará com Brad Gilbert, que havia chegado ao time como consultor durante os torneios preparatórios para o Grand Slam nova-iorquino, além de ter o apoio de Jarmere Jenkins na rotina de treinos.

“Infelizmente não foi minha decisão, mas tivemos que encerrar a parceria. Eu me diverti muito com ele e desejo-lhe o melhor neste próximo capítulo. Se dependesse de mim, eu adoraria tê-lo aqui. Mas as coisas acontecem, a vida acontece”, disse Gauff após a vitória na estreia do WTA Finals, contra a tunisiana Ons Jabeur por 6/0 e 6/1 na última segunda-feira em Cancún.

“Algumas coisas simplesmente não funcionaram. Só isso. Ainda acho que ele é um cara legal e que fez coisas incríveis para mim pessoalmente e também para o meu jogo. Tenho certeza que ele é terá sucesso em sua próxima etapa”, acrescentou a norte-americana, que conquistou três títulos trabalhando com Riba e Gilbert. Antes do US Open, ela venceu o WTA 500 de Washington e o 1000 de Cincinnati.

Gauff volta a atuar na próxima quarta-feira. Ela desafia a vice-líder do ranking Iga Swiatek na segunda rodada do Finals. O histórico de confrontos é amplamente favorável à polonesa, com oito vitórias e apenas uma derrota. O duelo mais recente foi na semifinal de Pequim, com vitória de Swiatek em sets diretos. O único triunfo de Gauff foi na semifinal de Cincinnati, em três sets.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE