PLACAR

Garcia consegue revanche, Ostapenko leva virada

Foto: Lexie Wanninger/San Diego Open

San Diego (EUA) – Segunda cabeça de chave do WTA 500 de San Diego, Caroline Garcia estreou com vitória no torneio. A francesa superou a norte-americana Sloane Stephens por 6/3, 3/6 e 6/1 em 1h44 de partida. O resultado serviu de revanche para Garcia, que havia sido superada pela rival no mês passado em Cincinnati.

“Cada partida é diferente. Uma coisa boa no tênis é que você tem a chance de jogar contra a adversária que te venceu na semana anterior. A gente se enfrentou há pouco tempo em Cincinnati e ela me venceu em três sets, então consegui uma revanche”, disse Garcia, que agora lidera o histórico de confrontos por 5 a 3.

“Nos últimos meses, não joguei meu melhor tênis. Mas tentei lutar. E foi o que fiz hoje também, tentei ser agressiva e fazer melhor que no segundo set”, avaliou a atual número 10 do mundo, que havia sido eliminada na estreia em quatro dos últimos cinco torneios que disputou, inclusive no US Open.

A adversária de Garcia nas quartas será a norte-americana Danielle Collins, 43ª do ranking, que derrotou a letã Jelena Ostapenko, 16ª colocada, por 2/6, 6/3 e 6/4. Collins venceu os dois duelos anteriores, um deles justamente em San Diego, no ano passado.

Quem também avançou às quartas foi Barbora Krejcikova, número 13 do ranking. A tcheca passou pela ucraniana Anhelina Kalinina, 28ª colocada, por 6/3 e 6/2. Krejcikova pode cruzar o caminho de Beatriz Haddad Maia, caso a brasileira vença seu jogo contra a ucraniana Marta Kostyuk no fim de noite desta quarta-feira.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE