PLACAR

“Fui muito previsível”, lamenta Sinner após derrota

Foto: Peter Staples/ATP Tour

Indian Wells (EUA) – Eliminado na semifinal do Masters 1000 de Indian Wells por Carlos Alcaraz, o italiano Jannik Sinner conversou com a imprensa após a partida e lamentou sua própria postura após um excelente primeiro set em que dominou o rival espanhol. Apesar dos erros e da previsibilidade em seu jogo, o atual número 3 do mundo afirma que fez uma boa partida e tentará não remoer o resultado por muito tempo.

“Com certeza não foi o final que eu queria, mas jogar contra ele é sempre difícil. Tentei apresentar um bom tênis, e consegui, principalmente no primeiro set. Então cometi alguns erros, o ímpeto mudou e ele elevou o nível. [É uma derrota] difícil de engolir, mas espero ver nos próximos dias se fisicamente estarei bem em Miami, o que é o mais importante para mim agora”, destacou o jovem italiano, que sofreu com alguns problemas físicos ao longo da partida.

Ele, inclusive, relatou as dificuldades que enfrentou após uma queda durante o jogo. “No momento sinto um pouco de tudo no meu corpo, mas é normal do esporte. Tive alguns pequenos problemas, mas tudo correu bem até o terceiro set. Quando eu caí, senti um pouquinho o cotovelo, porque caí por cima dele e rolei. Depois disso foi difícil sacar”, revelou aos jornalistas.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já em outro momento da coletiva, Sinner fez algumas autocríticas em relação à partida contra Alcaraz, destacando também o mérito do adversário. “Acho que fui muito previsível em alguns pontos. Eu estava fazendo as mesmas coisas repetidamente, o que me decepcionou. Eu joguei muito bem no primeiro set, mas quando o vi lutando um pouco mais tentei me manter sólido ao invés de tentar me mover. Hoje desperdicei muitos forehands e cometi erros, então temos que entender o porquê”, frisou.

“Carlos torna as coisas muito difíceis, coloca muita pressão em você. Ele fez mudanças táticas hoje que eu tenho que tomar cuidado na próxima vez. Preciso melhorar algumas coisas e tentar vencê-lo novamente. Ainda acho que foi uma ótima partida e que nós dois jogamos muito bem. Houve algumas jogadas divertidas. Mas no fim ele mereceu vencer e desejo-lhe boa sorte na final”, acrescentou o jogador de 22 anos.

Por fim, o atual campeão do Australian Open comentou sobre o fim da invencibilidade de 19 jogos, sendo três ainda no ano passado e 16 na atual temporadas, com títulos em Melbourne e Roterdã, além da semi na Califórnia. “Eu não penso muito sobre isso. Estive bem positivo ao longo dessa sequência de vitórias, mas perder na semifinal de Indian Wells ainda é um ótimo resultado. Agora, o próximo torneio é Miami e já estou focado lá. Apenas me sinto grato pelo que estou fazendo”, ponderou.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE